Dodge Challenger Hellcat tem preço a partir de R$ 700 mil


2017-dodge-challenger-srt-hellcat-interior-1024x570

São 717 cv de puro músculo. O cupê mais nervoso já produzido pela Dodge tem grandes chances de chegar no Brasil em 2017, segundo a própria marca. O motor V8 6.2 Supercharged também produz absurdos 89 mkgf de torque. O 0 a 100 km/h é feito em 3,6 s.

Tal número é atingido somente com a chave na cor vermelha na ignição. Já a chave preta limita o poder de fogo a, ainda exorbitantes, 500 cv.

Preço: R$ 700 mil

Estreia: 2° semestre  

Dodge Charger SRT Hellcat – Preço e ficha técnica


2016-Dodge-Challenger-SRT8-Hellcat-interior

Tem o mesmo conjunto mecânico do gatinho nervoso aí do lado: moto Hemi V8 com 717 cv e torque de 90 mkgf, que recebe um ventinho camarada da entrada de ar sobre o capô do Charger. Dessa forma camarada, teremos o sedã mais potente do mundo no segundo semestre.

0 0 a  100km/h é prometido em 3,7 segundos de velocidade máxima é de 328km/h. O modelo virá apenas com câmbio automático de 8 marchas, rodas com aros de 20° e freios brembo.

Rg Do Carro:

Quando Chega: Segundo Semestre 
Preços: R$ 400 Mil (Estimado)
Motor: 6.2 V8 de 717 cv
Transmissão: Automática de 8 marchas

Dodge Challenger SRT Hellcat 2018


2017-Dodge-Challenger-SRT-Hellcat-Interior

O muscle car tem o diabo no corpo nesta versão com números absurdos. São 717 cv e 90 mkgf extraídos do V8 de 6.2 litros. Para o Brasil, o modelo só será vendido com caixa automática de oito marchas, o que leva de 0 a 10 km/h em 3,6 s. Mas para ter a potência total é presciso fazer uma espécie de pacto com o tinhoso.

O Hellcart vem com duas chaves: a preta, que libera só 507 cv do motor, e a do demônio, propriamente dita, a vermelha, que livra a potência total.

Rg Do Carro:

Quando Chega: Segundo Semestre 
Preços: R$ 500 Mil (Estimado)
Motor: 6.2 V8 de 717 cv
Transmissão: Automática de 8 marchas

Dodge Journey SXT V6 2016


Journey SXT 3.6 V6 aut.As coisas melhoraram para o Journey em 2015: sua rede cresceu com a chegada do Renegade e as vendas subiram 30%. Ele é uma espécie de curinga do segmento: tem porte e con­ teúdo que o colocam anos­luz à frente das minivans nacionais que até levam sete, mas para isso vetam a entrada de bagagem.

Seu porta­malas tem bons 136 litros mesmo com os bancos armados.Aliado a um câmbio automático de seis marchas, seu V6 de 283 cv confere ao Journey boa eficiência: apesar do desempenho bem superior ao do gêmeo Fiat Freemont 2.4, ele é mais econômico. Seu ponto fraco, porém, é o alto preço das peças.

Preço: R$ 124.900

Carrografia: 

Bolsa de Valores

Desvalorização: 14,9%

Seguro: R$ 4.913

Rede: 46/-

Reparabilidade: 

Equipamentos: AR, DIR, VID, RE,
AUT, ESP, MUL

Peças – Total: R$ 18.562

Amortecedores dianteiros: R$ 2.615

Pastilhas de freio: R$ 898

Kit de embreagem: 

Farol esquerdo: R$ 7.179

Para-choque dianteiro: R$ 4.011

Retrovisor esquerdo: R$ 3.859

Revisões – Total: R$ 6.754

12 000 km: R$ 1.090

24 000 km: R$ 1.416

36 000 km: R$ 1.416

48 000 km: R$ 1.416

60 000 km: R$ 1.416