Como montar uma clínica de estética facial e começar ganhar dinheiro em 2018


Os principais serviços ofertados pelo Centro de Estética são a limpeza de pele, tratamento de acne, peeling, hidratação e nutrição facial, rejuvenescimento e revitalização facial, discromia (tratamento para manchas de pele), bronzeamento artificial, tratamento contra flacidez muscular, tratamento de estrias, hidratação e nutrição corporal, clareamento de axilas e virilha, banho de lua, banho de ofurô, clareamento de pelos, depilação, drenagem linfática, podologia, endermologia (tratamento de celulite), massagens corporais (relaxante, antiestresse, redutora, shiatsu) entre outros.

Para abrir uma clínica de estética, esses profissionais, que se tornam empresários, podem optar por abrir um negócio próprio ou ainda buscar por Franquias de Estética existentes no mercado.

A vantagem da opção de Franquia é que o profissional/empresário recebe todo o apoio gerencial necessário para padronização do ambiente de trabalho, desde as instalações até o marketing e propagandas.

O mercado de estética, apesar da crise econômica e política que o Brasil atravessa, não tem sido tão abalado quanto o comércio de produtos e demais setores da atividade econômica, devido à preocupação do brasileiro com a estética, a beleza e os cuidados pessoais. Não somente as mulheres, como também os homens têm buscado cada vez mais novos serviços e produtos de beleza.

Existe uma diferença de tratamentos estéticos entre os centros de estética e as clínicas de estética. As clínicas exigem profissionais técnicos responsáveis, como médicos, além do registro em órgão específico, uma vez que neste tipo de empresa realizam-se cirurgia plástica, de eliminação de varizes, botox, dentre outros procedimentos orientados pelo profissional habilitado para tal, neste caso o médico. Já os centros de estética – caso deste conteúdo -, não demandam o profissional técnico responsável, mas recomenda-se que os tratamentos estéticos sejam feitos por profissionais qualificados como esteticistas.

Lembramos ainda que os serviços que serão oferecidos irão variar de acordo com o foco do negócio bem como do seu tamanho e dos profissionais dos quais disponibiliza o empreendimento.

Mercado

Segundo dados de pesquisa realizada pela empresa Sophia Mind (citado pela reportagem publicada pelo Sebrae Mercados), as mulheres estão passando por grandes mudanças comportamentais, culturais e sociais e precisam ser compreendidas profundamente para que se estabeleça com elas uma comunicação efetiva e conveniente.

O objetivo da pesquisa foi avaliar a satisfação das mulheres com a aparência e entender como ocorre o consumo de produtos e tratamentos de beleza, incluindo os realizados nos salões de beleza, como manicure e depilação. Abaixo são apresentados os principais resultados da pesquisa que são importantes para entender tal mercado e para quem pretende abrir um centro de estética :

– 56% das mulheres estão insatisfeitas com sua aparência. O principal motivo é estar acima do peso ideal e o segundo é a insatisfação com o cabelo;

– A opinião de outras pessoas é importante para se sentirem bem;

– 79% das mulheres usam produtos de beleza. Entre eles, os mais usados são produtos para o cabelo, cremes hidratantes e maquiagens. O uso de alguns produtos varia de acordo com a idade. O aumento da renda familiar faz com que aumente o consumo de produtos em todas as categorias investigadas;

– O gasto médio de R$ 95,00 mensais com serviços e tratamentos de beleza é maior do que o gasto médio de R$ 80,00 unicamente com a compra de produtos de beleza;

– Quando perguntadas sobre quais itens sofreriam corte de gastos em uma situação de crise financeira, frequentar o salão de beleza seria o segundo item a ser cortado do orçamento das mulheres. A compra de produtos de beleza é um dos últimos itens indicados ao corte;

– 83% das mulheres se dizem satisfeitas com os produtos de beleza que estão no mercado atualmente, porém apenas 6% não os trocariam por nenhum outro;

– Amigas e profissionais da área de beleza são as principais fontes que apresentam novidades de produtos e, ao mesmo tempo, indicam o uso de produtos específicos.

As alternativas de serviços a serem prestados ampliam-se constantemente. É preciso ter foco e definir um conjunto de atividades que se enquadrem melhor com o tipo de cliente a ser atendido.

Valor do Investimento:

Todo o investimento com máquinas, equipamentos e imóvel está em torno de R$220.000,00 reais, incluindo capital de giro.

Pirataria: Shopping 25 de março é fechado: 800 toneladas em mercadorias irregulares segundo a PF


Foram retiradas do edifício onde localiza o Shopping 25 de março, 800 toneladas de mercadorias irregulares de 900 lojas e boxes, totalizando R$ 300 milhões. Também foram apreendidos computadores por meio dos quais a prefeitura pretende identificar os dos de lojas e do shopping

Segundo a Receita,  além do aspecto fiscal, o comércio irregular produz reflexos em outros crimes como lavagem de dinheiro, corrupção, escravidão e até danos à saúde pública. Outro aspecto nocivo é a concorrência desleal, segundo a Receita Federal.

Dívidas com cartão de crédito e dos juros do cheque especial: dicas importantes para se livrar de vez desse mal


Se livrar da roubalheira que é os juros do cartão de crédito e dos juros do cheque especial, é o sonho da maioria da população, veja nesse artigo com dicas de extrema importância de como acabar com esse mal que tanto atormenta os brasileiros.

O número de famílias endividadas atingiu sua terceira alta consecutiva em 2017 chegando a 58,9%, enquanto o percentual de famílias com dívidas ou contas em atraso foi o maior desde setembro de 2016, com 24,1%.

Milhões de brasileiros caíram na armadilha do ‘crédito fácil’, acreditando que o cartão de crédito era uma boa opção para gastar e pagar contas e que os empréstimos, financiamento e cheque especial eram um bom negócio. Se você faz parte desse grupo e está totalmente endividado, usando o limite do cartão para cobrir dívidas de lojas, usando o cheque especial para cobrir despesas de casa, tirando um empréstimo para quitar outro, com nome negativado e dívidas se multiplicando mês a mês, saiba que é possível se livrar desse problema.

O Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo (Ibedec) elaborou esse conjunto de dicas para ajudar o consumidor a se livrar desses débitos.

Variação de taxas por linha de crédito:

Cartão de crédito: de 442,33% ao ano (março) para 397,75% ao ano (abril)

Cheque especial: de 305,76% a.a. (março) para 302,31% a.a. (abril)

Juros do comércio: de 98,05% a.a. (março) para 95,82% a.a (abril)

Financiamento de automóveis (bancos): de 30,60% a.a. (março) para 30,30% a.a. (abril)

Empréstimo pessoal (bancos): de 70,17% a.a. (março) para 68,62% a.a. (abril)

Empréstimo pessoal (financeiras): de 158,90% a.a. (março) para 156,05% a.a. (abril)

Como se livrar de dívidas com Cartão de Crédito:

1- A dívida no cartão de crédito é a que cobra os maiores juros do mercado brasileiro, chegando a 12% ao mês. Somados à multa, juros por atraso e cobrança indevida de comissão de permanência, a conta pode passar dos 15% ao mês sobre as parcelas vencidas e não pagas. Ou seja, em um mês o consumidor é cobrado em taxas de juros equivalentes a 18 (dezoito) meses de rendimento da poupança. Para se livrar das dívidas, o consumidor deve seguir os seguintes passos:
2- Procure a administradora de seu cartão de crédito e veja qual a possibilidade de acordo para cancelar ou suspender o cartão, reduzir a dívida e parcelar o pagamento.
Avalie também, caso seja correntista de banco, a possibilidade de tomar um empréstimo do tipo CDC – Crédito Direto ao Consumidor para liquidar a dívida do cartão e pagar este empréstimo em parcelas. Os juros do CDC costumam não ultrapassar 3% ao mês.

Caso não consiga um acordo administrativo ou uma linha de financiamento para quitar a dívida, você pode recorrer a Justiça. Em uma ação judicial, pode-se questionar os juros cobrados (que não podem exceder a média do mercado divulgada no site do BACEN), a capitalização de juros (que é vedada pelo STF), e a cobrança de multas indevidas (acima de 2% conforme Código de Defesa do Consumidor).

Como se livrar dos juros do cheque especial:



Os juros do cheque especial só perdem para os juros do cartão de crédito, girando em torno de 10%% ao mês. E quando é ultrapassado o limite do cheque especial, o consumidor tem os cheques devolvidos e seu nome fica negativado tanto pela empresa que recebeu o cheque sem fundos como no CCF – Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos. Para se livrar das dívidas, o consumidor deve seguir os seguintes passos:
1- Procure o gerente do seu banco e busque a possibilidade de contratar um empréstimo do tipo CDC – Crédito Direto ao Consumidor para liquidar a dívida do Cheque Especial e ainda resgatar os cheques sem fundos emitidos. Há opções de antecipar a restituição do Imposto de Renda, as Férias, o 13º Salário ou fazer um empréstimo consignado em folha de pagamento, que tem juros ainda menores.
2- Uma vez com o crédito liberado, procure as lojas onde passou os cheques para resgatar o cheque. Negocie desconto de multas e juros, explicando que passa por dificuldades transitórias. Muitas vezes os lojistas preferem receber o débito sem cobrança de encargos, do que ficar sem receber. Feito o acordo, o lojista vai lhe devolver o cheque e é obrigado a baixar restrições cadastrais em seu nome.
De posse dos cheques resgatados, leve-os ao banco para que este proceda à baixa da negativação no CCF – Cadastro de Emissores de Cheques sem fundos.
Caso não consiga um acordo administrativo ou uma linha de financiamento para quitar a dívida, você também pode recorrer a Justiça para questionar o contrato de Cheque Especial, cujos abusos são os mesmos que os detectados em contratos de Cartão de Crédito e pode-se também conseguir uma boa redução do débito, revisando os juros pagos até 10 (dez) anos antes da propositura da ação.

Como quitar dívidas e ganhar renda extra, curso gratuito ensina, veja onde fazer


O Itaú Unibanco lançou um curso gratuito online que ensina como quitar dívidas, organizar ganhos e gastos, multiplicar seu dinheiro e ganhar renda extra.

O curso “Saia do Vermelho: soluções para equilibrar o seu orçamento e conquistar os seus sonhos” é oferecido através da plataforma digital de educação eduK e estará disponível por tempo indeterminado.

É possível acessar vídeo-aulas e materiais de apoio focados na organização das despesas do dia a dia . Os vídeos são feitos pela especialista em finanças Patrícia Lages.

São dois capítulos: “Quatro técnicas para alcançar o equilíbrio financeiro” e “Quatro hábitos para uma melhor relação com o dinheiro”. Ambos totalizam oito aulas, que somam 2 horas.

Por meio de 4 técnicas práticas e simples vamos te ajudar a equilibrar o orçamento, eliminar desperdícios, programar a quitação das dívidas e aumentar seus ganhos.

Também conhecerá 4 hábitos que te ajudarão a mudar sua relação com o dinheiro e se manter no controle da sua vida financeira, além de realizar sonhos e poupar!

“Um dos pilares da estratégia de educação financeira do Itaú é empoderar os clientes e a sociedade para que todos possam tomar as melhores decisões nos diferentes momentos da vida, promovendo reflexões para que alcancem o equilíbrio financeiro e conquistem seus objetivos”, afirma Denise Hills, superintendente de sustentabilidade e negócios inclusivos do Itaú Unibanco.

 

4 técnicas para alcançar o equilíbrio financeiro

– Organização de ganhos e gastos

– Otimizando o orçamento

– Como priorizar suas dívidas

– Como começar uma renda extra

4 hábitos para uma melhor relação com o dinheiro

– Consumo consciente

– Traçar objetivos de vida

– Planejar para realizar

– Como se organizar para poupar

Acessar o curso