Lula faturando alto com grana fácil, debocha das demissões da imprensa


O ex-presidente Lula, que continue ex pra sempre, é um sujeito sem estilo, arrogante, rasteiro e totalmente sem ética e que não perde a oportunidade de falar merda quando bem entende para agradar seu colegas de organização, desta vez o malandro debochou da crise por qual passa a grande imprensa, principalmente as que não tem tanto apoio do dinheiro público, blogs e sites chapa branca como Carta Capital, Conversa afiada, Viomundo entre outros sujos, estão muito bem obrigado.

“Só neste ano, tivemos 50 demissões de jornalistas na Folha de S.Paulo. Foram 120 demissões no Globo, 100 demissões no Estadão, 50 na Band e 120 na Editora Abril”.

A platéia petista aplaudiu Lula. Em seguida, entoou um coro:

“O povo não é bobo, abaixo a Rede Globo”.

Segundo Josias de Sousa, Lula se deteve na crise da Abril:

“A Editora Abril, que publica a revista mais sórdida deste país, teve de entregar metade do seu edifício-sede, teve de vender ou fechar 20 títulos de revistas. E temos grupos jornalísticos inteiros à venda”.

 

Silas Malafaia da resposta a Lula em vídeo e conselho para ele se livrar do vício da bebedeira


Silas Malafaia responde a Lula, que fez gozação até dizer chega dos pastores evangélicos e da crença bíblica em seu discurso ao um grupo de sindicalistas, No vídeo pastor responde “O mensalão, o petrolão, o escândalo na refinaria de Pasadena e outros desvios “escondidos”, além do “estelionato eleitoral”, não são culpa do Diabo, e sim do PT” Pede ainda que Lula “PARE DE MENTIR!!” e assuma que “sabia de toda a roubalheira do seu partido”.

Na última quarta-feira em um encontro com sindicalistas, o ex-presidente Lula ironizou os pastores evangélicos dizendo que, para eles, se “você está desempregado, é o diabo, está doente é o diabo”. Silas Malafaia, como já era de se esperar, nem esperou muito para rebater as críticas do ex-presidente às lideranças evangélicas.

Malafaia acaba de publicar um vídeo em que diz que o mensalão, o petrolão, a roubalheira na refinaria de Pasadena e outros desvios “escondidos”, além do “estelionato eleitoral”, não são culpa do diabo, e sim do PT. O líder da Assembleia de Deus diz que só a mentira vem do demônio, pede que Lula “pare de mentir” e assuma que “sabia de toda a roubalheira do seu partido”.

Antes do “Deus abençoe a todos” final, Malafaia dá outro conselho ao ex-presidente:

– Lula, você vai entender. Você sabia que Jesus liberta da cachaça?

Assista ao vídeo do pastor

Informações de Veja

Santa incompetência: Brasil só não está pior que a bagunçada Venezuela


Depois de maquiar as contas públicas e bater recordes de gastança antes das eleições, este desgoverno só pensa em aumento dos impostos, veja o comentário completo de Alexandre Garcia sobre os desmandos de Dilma.

 

Lula nega que vai ser candidato em 2018, mas quem acredita nele


Lula nega que vai sair candidato a presidente da Banânia em 2018, mas como sua palavra e nada vale a mesma coisa, é bom a oposição fraca e medíocre que fazem a ele ficar de orelha em pé.

Oficialmente, o ex-presidente Lula, do finado PT procura descartar indícios de que possa voltar a disputar a Presidência da República em 2018. Porém, nos bastidores, o petista montou uma equipe para pavimentar o destino político, que pode convergir com a eleição presidencial.

Matéria publicada na Folha de S. Paulo, nesta segunda-feira (18), explica que Lula criou um time político desde 2014 e o grupo de encontra toda semana no Instituto Lula para planejar projetos e ações caso o ex-presidente entre no páreo eleitoral.

LULA CONVOCA NOMES DE “PESO”

Os prefeitos de São Paulo e São Bernardo, Fernando Haddad e Luiz Marinho, respectivamente, além de Alexandre Padilha trabalham na “força-tarefa”.

Segundo a publicação, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, também participava ativamente dos encontros, mas diminuiu a frequência após assumir o cargo.

Insatisfeito com a articulação política do governo da presidente Dilma Rousseff, Lula repete que não tem condições de disputar a Presidência sem propostas. E admite não ter ainda essas respostas.

Além dessas reuniões, o instituto organiza a cada 15 dias um encontro ampliado, com a presença dos presidentes do PT, Rui Falcão, e da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Vagner Freitas.