Duosat Trend HD MAxx – Atualização


Nova atualização do Receptor da marca Duosat, modelo Trend HD, versão 1.64 lançada em 20 de maio, confira abaixo o que mudou em relação a versão anterior.

Change log:

– canais on coloridos;
– liberada opção para uso de diseqc no t2;
– sks em uso é selecionável no menu protocolo, botão ok sobre a opção sks, assim como a porta diseqc que for ser usada, caso desejada;
– existe delay para abertura dos canais, em razão da segurança do novo sistema

importante: se for utilizar c$, precisará ser desativado o ts delay, mas neste caso, ficará sem o serviço nativo
precisa fazer restauração de fábrica pelo menos após atualizar

– Bug no EMU resolvidos
– Atualizado Softcam
– Assistir 1 c.a.n.a.l e gravar outro na mesma TP, resolvido
– Alguns bug no Free IPTV resolvidos
– várias situações de reboot resolvidas
– Problemas relacionados ao VOD (listas) resolvido
– Problemas no VOD, de parar no meio do play resolvido
– Adicionado Pause.

 




Acesse aqui

Especificações do modelo

Número de Tuners: 2
Conectores de entrada e saída : F-Type, IEC 169-24, Fêmea
Freqüência de entrada: 950MHZ ~ 2150MHZ
Nível de entrada de sinal: -65dBm ~ -25dBm
Conectores: 75 Ω ¸ desbalanceado
Impedância de entrada : -Vertical: +13.5V (+14.5V em alta voltagem)
-Horizontal: +18V (+18.5V em alta voltagem)
-Corrente Maxima: 500mA (Proteção para curtos)
Tom de 22KHz : -Freqüência 22KHz-+4KHZ
-Amplitude 0.6+-0.2Vpp
Controle de DiSEqC : Versões 1.0 & 1.1 compatível
Seleção de c.a.n.a.l : sintetizador de freqüência PLL
Demodulador
Tipo: DVB-S, DVB-S2
Modulação: QPSK, 8PSK
Freqüência de entrada (SR) : 1~45MS/s, capacidade para SCPC e MCPC
Modo de FEC:
-DVB-S: Auto, 1/2, 2/3, 3/4, 5/6, 7/8
-DVB-S2: – QPSK: Auto, 1/2, 3/5, 2/3, 4/5, 5/6, 8/9, 9/10
– 8PSK: Auto, 3/5, 2/3, 3/4, 5/6, 8/9, 9/10
Decodificação de Vídeo
Fluxo de transporte: MPEG-2 ISO/IEC 13818-2 MPEG-4 Part 2
Nível de perfil: MPEG-2 MP@ML, MPEG-2 MP@HL, MPEG-4 AVC/H.264 HP@L4.1
Taxa de entrada: 15mbit/s m.a.x
Formato de Vídeo: 4:3, 16:9, Letter Box
Resolução de Vídeo 1080p, 1080i, 720p, 576p, 576i, 480p, 480i
Decodificação de áudio
Decodificação de audio: MPEG/MusiCam Layer I & II, AC3 Downmix
Modo de audio: Mono / Dual / Joint Stereo / Stereo
Bitrates de audio: 32Kbits/s – 384Kbits/s


Freqüência de amostragem: 32, 44.1, 48KHz

Áudio / Video / Data / Entrada/Saída
AUDIO/VIDEO (CVBS, AUDIO L/R): 1x Phone Jack
RS-232C: 1x Phone Jack
Ethernet (LAN): 1 x RJ45 porta
HDMI: Saida digital de audio e video
USB: 1x USB 2.0 Host (lateral), 1 x USB 2.0 Host ( traseira)
WIFI: 1 x SMA fêmea
Fonte de Energia
Tipo: Adaptador Externo
Consumo de Energia: DC 12V, 2A, 50/60Hz
Proteção: Fusível interno separado
A entrada deve ser protegido contra a luz.
Especificações físicas
Tamanho: 180 X 38 X 140 (mm, W X H X D)
Peso (somente aparelho): 0.8 Kg.
Temperatura de operação: 0℃ ~ 45℃
Temperatura de armazenamento: -10℃ ~ 70℃

Canais ARTE 1 HD, Syfy HD e Studio Universal HD disponíveis na grade de programação da NET e Claro TV, veja line-up


A Claro HD e NET anunciam novos canais na grade de programação para o mês de abril com três canais em alta definição para seus clientes: o ARTE 1 HD, Syfy HD e o Studio Universal HD passam a integrar, sem custo adicional, o line-up das operadoras nas posições 553, 640 e 657, respectivamente.

O ARTE 1 HD disponibiliza tudo sobre arte em um só canal: artes visuais, cinema, teatro, dança, música, arquitetura, design, moda, literatura, fotografia, alta gastronomia.

Outro lançamento, o Syfy HD é um canal feito por mentes curiosas para mentes curiosas. De reality shows a ficção roteirizada, a grande aposta da programação do canal fica com a 10ª temporada de “Doctor Who”, que traz os últimos momentos de Peter Capaldi como o 12º Doutor e as aventuras fantásticas e monstros aterrorizantes que aguardam a estreia da nova temporada.

O Studio Universal HD é o canal de filmes que oferece uma experiência cinematográfica com uma variedade de títulos. Filmes como “De Volta Para O Futuro” e “ET” são alguns dos grandes sucessos de bilheteria que estão disponíveis na programação do canal. Das obras mais atuais aos clássicos eternos, os clientes NET e Claro HDTV podem se divertir com a programação.

Os canais ARTE 1 HD e Studio Universal HD estão disponíveis para os assinantes com pacote a partir do MIX HD da Claro HDTV e da NET. Já o Syfy HD está disponível a partir do pacote TOP HD para os clientes da Claro HDTV e NET.

Atualmente, a NET é líder em distribuição de conteúdo em alta definição, a operadora oferece mais 80 canais em HD aos clientes.

Além disso, os assinantes, poderão conferir quando, onde e quantas vezes quiser conteúdos do canal ARTE 1 HD no NOW, plataforma de vídeo sob demanda das operadoras. Os NETs acessam o NOW pelo canal 1 da NET HDTV. Clientes NET e Claro HDTV também podem curtir em qualquer lugar, no site www.nowonline.com.br ou aplicativo para tablets e smartphones.

 

Esquema de “gato” de TV por assinatura é desarticulado pela polícia, veja como funcionava


Uma quadrilha que fornecia clandestinamente pacotes de TV por assinatura para mais de 5 mil pessoas no estado de São Paulo foi totalmente desarticulada pela polícia. De acordo com o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), eram oferecidos, abaixo do custo, pacotes das operadoras Claro TV, Net, e Sky nas cidades de Jaú e São Carlos, principalmente. Os criminosos atuavam também na capital paulista e na Baixada Santista.

Cinco pessoas foram presas em flagrante na operação, denominada Card Sharing, ou CS. Elas são acusadas de participação em organização criminosa e estelionato. Segundo o Deic, a polícia iniciou a investigação após receber denúncia de uma das concessionárias sobre desvio de equipamentos e acesso indevido ao sistema.

Segundo a ABTA, hoje simplesmente puxar um cabo para roubar sinal é dificil por causa das barreiras tecnológicas. A principal forma de piratear a TV paga é através de equipamentos ilegais que desbloqueiam os sinais das operadoras. Esses dispositivos também não são nada difíceis de se encontrar.

Esses decodificadores não homologados pela Anatel entram no país em forma de contrabando. Recentemente, a ABTA fez uma parceria com a Receita Federal para intensificar a fiscalização e apreender equipamentos ilegais em Foz do Iguaçu, vizinha de Argentina e Paraguai. O local é considerado o principal ponto de entrada desses equipamentos no Brasil.

COMO FUNCIONAVA A OPERADORA DE TV CLANDESTINA

A quadrilha tinha equipamentos de alta capacidade para distribuir o sinal para os clientes da organização criminosa. “Eles tinham uma estrutura organizacional tão bem trabalhada que tinham uma área técnica para fazer o suporte, uma área para venda, site na internet, davam suporte técnico”, disse o delegado José Mariano de Araújo Filho, responsável pela operação.

Além de vender clandestinamente o sinal das operadoras, a quadrilha comercializava receptores desviados das concessionárias e equipamentos de venda proibida no Brasil. De acordo com a polícia, a partir de agora, o foco das investigações será apurar a participação no esquema de empregados que prestam serviços terceirizados às concessionárias.

TV Digital: como se preparar para receber o sinal com boa qualidade


A programação dos canais abertos será transmitida apenas pelo sinal digital, a partir de 29 de março quando o sinal analógico for desligado, com imagem e som de cinema. A Seja Digital, entidade responsável pela gestão do processo de migração do sinal, orienta a população para dois equipamentos que podem transformar as antigas TVs de tubo em TVs aptas a receber o sinal digital, continuando a funcionar normalmente após o desligamento do sinal analógico.

Para ter acesso ao sinal digital, as pessoas que possuem televisores de tubo ou de tela plana fabricados antes de 2010 devem instalar uma antena e um conversor, que podem ser adquiridos em lojas de eletrônicos.

Seguindo algumas recomendações simples, o sinal digital será recebido em sua casa com o máximo de qualidade. Saiba se sua residência já está preparada ou se será necessário providenciar mudanças para continuar assistindo os canais abertos de televisão:

  1. Antena – Nem toda antena consegue captar o sinal digital de televisão. A antena deve ser própria para isso e a recomendação da Seja Digital é que o modelo seja externo, instalado no telhado da casa. Recomenda-se contatar um antenista para fazer a instalação corretamente.
  2. Televisor – Se o aparelho for uma televisão de tubo, será necessário instalar um conversor de sinal. Se o televisor for de tela fina e não tiver o conversor embutido, também precisará de um conversor de sinal. Para ter certeza se o televisor já tem o conversor embutido, consulte o manual do fabricante.
  3. Conversor – São eles que transformam o sinal digital em analógico para que sua TV continue com a programação. Estão disponíveis em diversos modelos e faixas de preço. Podem incluir recursos como função de gravação de programas, entrada USB para conectar pen drives com conteúdos de vídeo, conexão HDMI, central interativa de mídia e painel com funções de navegação. Os conversores também vêm acompanhados de controle remoto, o que acaba sendo um recurso adicional para TVs antigas que não tenham o acessório.

O kit com o conversor e a antena custa em torno de R$ 200. Para a instalação, o ideal é chamar um antenista profissional.

SINAL DIGITAL EM PRÉDIO E APARTAMENTOS

Para receber o sinal digital em prédios é preciso instalar no topo uma antena coletiva e disponibilizar o cabeamento para todos os andares, onde será feita a divisão para cada unidade. Feito isso, cabe ao morador se conectar na tomada da antena digital e fazer a busca dos canais. Quem tem assinatura de TV a cabo deve consultar a operadora.

Mas antes de iniciar todo o processo, é importante que o síndico oriente os moradores sobre o custo da instalação da antena, se certifique da estrutura do prédio para o cabeamento e o que prevê o regimento interno do condomínio para evitar problemas.

Na sexta-feira (17) o Sindicato da Habitação, em parceria com a RBS TV, promove um curso para orientação de síndicos. Informações podem ser obtidas pelo telefone (48) 3223.1440.

Famílias inscritas em programas sociais do governo federal podem receber kits gratuitos
As pessoas que participam de algum programa social do governo federal nas 39 cidades previstas para a digitalização da TV na região podem agendar a retirada de seu kit, contendo conversor, antena e cabos, pelo telefone 147 (ligação gratuita) ou pela internet.

Para saber se tem direito, o beneficiário deve acessar o portal www.sejadigital.com.br/kit, clicar em “Programa de Distribuição de Kits” no menu superior e fazer a pesquisa utilizando o CPF e o NIS (Número de Identificação Social) do responsável familiar. Caso não saiba qual seu número de NIS, basta ligar para a Central de Relacionamento do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome no 0800-707-2003.

O sinal analógico de televisão está em processo de desligamento no Brasil, o que significa que televisores analógicos sem conversor deixarão de ser capazes de sintonizar as emissoras. O cronograma de desligamento divide o processo em etapas e regiões. A primeira cidade a desligar o sinal analógico foi Rio Verde, Goiás, em março de 2016. Em outubro, Brasília e uma série de municípios do interior do estado de Goiás também deixaram o sinal analógico para trás.

Até dezembro de 2018, cerca de 14 milhões de famílias de mais de 1300 cidades também receberão seus kits gratuitos. Com esses equipamentos distribuídos e devidamente instalados, as famílias de baixa renda das cidades onde o sinal digital de televisão substituirá o sinal analógico continuarão a ter acesso à programação dos canais abertos de televisão.

Agora, em março de 2017, é a vez da cidade de São Paulo e algumas cidades do estado.

Para saber quando é a vez da cidade em que você mora, você pode acompanhar o cronograma oficial do desligamento do sinal analógico, disponível no site do Diário Oficial.

Para quem não tem certeza se a televisão já possui o conversor embutido, o site oficial da TV digital brasileira listou todos os televisores que estão prontos para receber o novo sinal. A lista é composta por uma séria de aparelhos das marcas AOC, CCE, LG, Panasonic, Philco, Philips, Samsung, Semp Toshiba e Sony. Confira a lista completa aqui.