Dia das mães: presentes mais desejados e o que você pode presentear até R$ 100


O Dia das Mães, segunda data mais importante para o comércio no Brasil, perdendo apenas para o Natal, o Procon realizou uma pesquisa para selecionar os 97 itens mais procurados pelas pessoas que vão festejar no domingo (13).

Com opções em diversos setores, os preços dos produtos variam entre R$ 20 e R$ 1.499, em shoppings. Os celulares lideram a lista de objetos mais desejados pelos consumidores.
Segundo o órgão de defesa do consumidor, os celulares são os itens mais caros da lista. Os modelos variam entre R$ 299 e 1.499, em lojas dos shopping. A pesquisa foi dividida nas categorias cosméticos e perfumaria, acessórios de beleza, eletrodomésticos e eletro portáteis, aparelhos celulares e flores.

Nos acessórios de beleza, as opções mais populares são secador de cabelo, prancha, chapinha e outras equipamentos para cabelos. No setor de eletro, a lista traz liquidificadores, batedeiras, cafeteiras, sanduicheiras, aspiradores de pó e forno microondas. Na área de perfumaria, foram pesquisados colônias individuais e os kits, que incluem perfume e mais algum item cosmético.

Uma das opções mais baratas e mais variadas é o setor de flores, em que é possível comprar orquídeas – uma das espécies mais procuradas – a partir de R$ 20.

Presentes até R$ 100

29,3% dos consumidores planejam gastar até R$ 50 com o presente. Os gastos mais elevados serão feitos por uma quantia menor dos entrevistados: 12,7% vão desembolsar entre R$ 100 e R$ 150;.4% entre R$ 150 e R$ 200 e 7,3% acima de R$ 200.

Os dados do levantamento apontam ainda que a maioria das pessoas deve comprar artigos de vestuário ou acessórios. O número corresponde a 44,3% dos entrevistados. O gerente de uma loja de calçados e material esportivo, Antônio Silva, concorda com esse percentual. “O pessoal está procurando produtos mais específicos, como botas e sapatos fechados, úteis para esta época do ano”, conta ele, que vê a movimentação “um pouco melhor” em 2017, no comparativo com o ano passado.

Em segundo na lista de presentes apontados pela pesquisa da Acso estão as flores e os cartões, com 2,59%. Nela, aparecem ainda chocolates, almoços e jantares, joias, eletrodomésticos, eletroeletrônicos e produtos artesanais.

Shoppings e vendas online

Os shoppings fazem promoções especiais para o Dia das Mães. No Iguatemi Esplanada, a cada R$ 350 em compras feitas até domingo os clientes serão presenteados com uma bolsa artesanal, bordada por mulheres da ONG Orienta Vida.

As estatísticas de vendas online não mentem: mais da metade dos brasileiros deixam postergam as compras dos Dia da Mães.

De acordo com um levantamento inédito do Google, 54% dos internautas compram o presente no período de dez a um dia antes do feriado. Dessa porcentagem, 18% deixam a procura para um a dois dias antes da comemoração.

Até agora, roupas e calçados foram os produtos mais buscados. A demanda por itens desses segmentos subiu em 30% e 35% respectivamente na última semana, em comparação com a primeira semana do ano.

Fatura de cartão de crédito do Luciano Heck é verdadeira ou falsa


A internet só se fala nisso! Uma suposta fatura de cartão de crédito do apresentador Luciano Huck vazou na internet e viralizou nas redes sociais nesta quarta-feira.

Porém, a reportagem de uma revista entrou em contato com a assessoria do apresentador e de sua esposa Angélica, que afirmou que “o documento não é verdadeiro”.


A assessoria indicou que não pode dar mais informações sobre a fatura falsa, que chamou a atenção dos internautas com o valor alto de 281.099,63 reais. Outras informações do documento fake que viraram piada nas redes sociais são os altos gastos com passagens aéreas — no mês anterior, teriam correspondido a 501.937 reais.

Habib’s: PROCON encontra coliformes fecais em lanchonete


Cuidado, nem tudo está amostra. Uma operação para avaliar a qualidade dos hambúrgueres vendidos em fast foods de Rio e Florianópolis (SC) encontrou, segundo o Procon carioca, coliformes fecais (termotolerantes) na carne dos sanduíches.

Foi numa lanchonete do Habib’s. Já numa do Giraffas, fiscais encontraram carnes de frango e porco misturadas à bovina. Ambas ficam no Norte Shopping.

Informações via globo.com

Mais 30 sites piratas de filmes e séries são deletados pela PF na “Operação Barba Negra”, veja quais


Logo após derrubar o Mega Filmes HD, maior site de streaming pirata da América Latina, e outros três domínios na semana passada, a Polícia Federal revelou que outros 30 sites de conteúdo pirata saíram do ar na esteira da segunda fase da chamada “Operação Barba Negra“.
Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, cinco pessoas foram presas temporariamente em São Paulo, Minas Gerais, Paraíba e Pernambuco. Os suspeitos de administrar os sites de pirataria também tiveram suas contas bancárias bloqueadas.

Contudo, dos 30 sites que saíram do ar, pelo menos 7 já teriam voltado a funcionar: aztorrents.net; abxseries.com; filmesonline2.com; seriestorrent.com; mc.filmes.com e o filmeseseriestorrent.com. Entre os que permanecem desligados estão serieshub.org, downloadfilmesgratis.org, megafilmeshd.tv e outros.

Outros sete sites saíram do ar assim que a operação foi deflagrada na quinta-feira, mas já voltaram a funcionar. São eles: aztorrents.net; abxseries.com; filmesonline2.com; seriestorrent.com; mc.filmes.com; filmeseseriestorrent.com.

Na segunda fase da Barba Negra, foram retirados do ar armagedomfilmes.biz; filmesonlinegratis.net e megafilmeshd20.org. Ao todo, cinco pessoas foram presas temporariamente em São Paulo, Minas Gerais, Paraíba e Pernambuco. A PF cumpriu outros sete mandados de busca e apreensão e determinou o bloqueio das contas bancárias dos envolvidos.

Em novembro do ano passado, durante a primeira fase da operação, a PF retirou do ar o Mega Filmes HD, considerado à época o maior site de filmes piratas da América Latina.

De acordo com levantamento da consultoria Tendências, a pedido da Motion Picture Association – associação norte-americana que representa os grandes estúdios – há mais de 400 sites de pirataria de filmes e séries de TV em atividade no Brasil. Outros 57 sites mais populares recebem mais de 1 milhão de visitas por mês e oferecem acesso a mais de 13 mil títulos de obras nacionais e internacionais, geralmente no formato de streaming.

Informações via Exame