Suzuki Vitara 2017: versões com motor 1.4 turbo partem de R$ 107.990


A nova geração do Vitara, apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo, já está à venda. Nas versões com motor 1.4 turbo, que partem de R$ 107.990, o Suzuki importado da Hungria chega para concorrer com as opções de topo de Honda HR-V e Jeep Renegade, entre outros.

De série há retrovisores com rebatimento elétrico, faróis com LEDs, partida sem chave, computador de bordo, start&stop, sete air bags, controles de estabilidade e de velocidade de cruzeiro, além de auxílio para partida em rampa. A central multimídia com tela de 10 polegadas parece um tablet. Com sistema Android, o dispositivo tem aplicativos já instalados, como o Waze, que usa o 4G de smartphones.

O visual do novo Suzuki é descolado e tem apelo esportivo. Na versão 4Sport, de entrada entre as com motor turbo, há rodas pretas e carroceria pintada no estilo “saia e blusa”. O interior segue o mesmo tom, mas o acabamento de algumas peças plásticas, como a tampa do porta-luvas, poderia ser mais agradável ao toque.

O espaço é bom para quatro adultos e o porta-malas tem satisfatórios 375 litros. A posição de guiar é fácil de achar e os bancos são confortáveis.

O motor 1.4 turbo de 146 cv casou bem com a transmissão automática de seis marchas, que tem opção de trocas por meio de aletas atrás do volante e respostas rápidas. Isso, junto com o torque máximo disponível a 1.500 rpm, privilegia a agilidade na hora de acelerar.

A suspensão tem a firmeza adequada para não deixar a carroceria rolar muito, sem castigar os ocupantes. As respostas da direção são diretas. O Vitara também tem versões com motor 1.6 aspirado, de 126 cv, a partir de R$ 83.990.

Nova Suzuki V-Strom 250 segue o estilo das irmãs mais potentes


O motor da nova Big Trail é o mesmo 2 cilindros de 248 cc visto na urbana Inazuma 250, porém, a empresa ainda não revelou os números de potência e torque para a V-Strom 250. Ela chegou de surpresa e foi apresentada oficialmente de uma forma inesperada no Salão de Moto China, um país onde a marca japonesa já antecipou outros modelos, mas nenhum tão importante como esta nova V-Strom.

O modelo é mais uma aposta das grandes fabricantes no segmento das “pequenas aventureiras”, como a BMW mostrou com a G 310 GS e a Kawasaki com a Versys-X 300.
A V-Strom 250 segue as linhas das V-Strom 650 e 1000, já velhas conhecidas dos motociclistas.

nova-vstrom-250cc-1

Porém, o modelo foi adaptado com soluções e acabamentos mais simples para o segmento de baixa cilindrada. Ainda não há dados oficiais, parece que a nova V-Strom 250 vai usar o motor da Suzuki Inazuma 250, um motor de dois cilindros, que foi desenvolvido há alguns anos usando soluções que lhe permitam oferecer um bom desempenho e dados de consumo muito baixo. Possui um garfo com suspensão convencional e freio dianteiro de uma única pinça e abs.

suzukivstrom250-2018-2017

Dados técnicos

A motocicleta tem comprimento de 2,08m, largura de 0,74m e altura de 1,11m, contando com peso de 178kg e trazendo tanque de 15 litros. Traz pneu frontal 110/80-17 e pneu traseiro 140/70-17.

O modelo também conta com garfo de suspensão convencional e é equipado com freio dianteiro de pinça única com sistema de frenagem ABS.

 

MotorBicilíndrico, DOHC, quatro tempos, refrigeração líquida
Cilindradas248cc
Taxa de compressão11.5 : 1
Potência Máxima18.4kW / 25 PS at 8,000rpm
Torque Máximo23.4 Nm at 6,500rpm
CâmbioSeis Marchas
Comprimento x Largura x Altura2085 x 740 x 1110 mm
Peso178 kg
Capacidade do Tanque15 litros
Pneu Dianteiro110 / 80-17
Pneu Traseiro140 / 70-17

Suzuki DL1000 V-Strom 2017: galeria de fotos


Não há nenhuma grande mudança no design e muito menos no consagrador motor da Suzuki V-Strom 1000, apenas novas cores, preta, prata e amarela e o sistema de freios ABS totalmente novos e mais eficientes.

Ano/modeloCódigo FIPEPreço (R$)
2003825041-318.522,00
2004825041-319.102,00
2005825041-319.687,00
2006825041-321.309,00
2007825041-322.380,00
2008825041-323.227,00
2009825041-324.096,00
2014825041-337.200,00
2015825041-339.022,00
2016825041-340.451,00
2017825041-341.705,00
Zero KM825041-346.200,00

Suzuki V-Strom 650 2017 chega mais potente, freios ABS mais modernos e novas cores


A Suzuki fez algumas grandes mudanças para 2017 para a V-Strom 650 ABS e V-Strom 650XT ABS. Além de obter muitas das melhorias de motor que vimos pela primeira vez no começo de 2017 nos modelos Suzuki SV650, os 650s.

As aventureiras da Suzuki ficaram mais modernas no Salão de Colônia, com a inclusão de ABS mais avançado derivada da V-Strom 1000, desenvolvido para melhor funcionamento em curvas.

  1. A grande novidade para a Suzuki V-Strom 650S é o motor atualizado. Com os novos pistões e de escape cames revestidos com resina da bicicleta do esporte 2,017 SV650 entre os seus 60 novas peças de motor, a 645cc V-twin agora põe para fora 70 cavalos de potência a 8800 rpm, bem como 46 ft / lb de torque a 6500 rpm.
  2. Há atualizações em ambas as extremidades do processo de abastecimento da Suzuki V-Strom 650 do motor de 2017. No início, a longo nariz injetores de combustível de 10 buracos são projetados para melhorar a combustão e diminuir o consumo de combustível. No outro extremo, um novo sistema de escape é mais leve, tem novos catalisadores, e permite a montagem estreito de airbags laterais opcionais.
  3. Controle de tração vem para A V-Strom 650. O controle de tração é uma adição bem-vinda. O sofisticado sistema de velocidade, posição de marcha, a posição da manivela, e de posição do acelerador para determinar quando deve reduzir a potência para manter a tração. Existem dois níveis de controle de tração, e pode ser desligado para passeios.
  4. A nova seção da rabeta simplifica e um novo bagageiro.Um bagageiro nível impressionante funciona como um ponto de montagem para airbags laterais e uma caixa superior. Esta é uma grande melhoria sobre os velhos 650s V-Strom. Além disso, ele parece proposital, como uma bicicleta ADV deveria.

Conveniência, conforto e características funcionais foram adicionados. Os 2017 650s Suzuki V-Strom recebe o botão Easy Start (apenas um toque recebe o motor em funcionamento), Baixo RPM Assist (faz parando quando sair uma paragem menos provável), um painel de instrumentos atualizados , tomada de 12v na carenagem, um pára-brisa de três posições, mais fino.

Styling e design foram atualizados. Para 2017, a nova V-Strom 650 recebe o bico para cima. Ambos modelos chegam com novos faróis verticais e luzes traseiras LED. Um novo plástico melhora o acabamento e a aparência de ambos os modelos.

Suzuki V-Strom 650XT 2017 recebeu alguns recursos adicionais. O 650XT tem raios DID jantes, handguards e proteção de plástico para o lado de baixo do novo motor.