Apple e Samsung perdem espaço na venda de Smartphones para os chineses


O mundo tecnológico, especialmente no mercado de Smartphones, está cada vez mais acirrado, gigantes como Samsung e Apple perdem importância em participação em vendas.
O primeiro trimestre foi marcado por movimentos relevantes nas participações de mercado de fabricantes globais de smartphones.

Enquanto a Samsung perdeu espaço pela primeira vez desde o quarto trimestre de 2009, a Apple continuou a reduzir sua participação, enquanto as chinesas Huawei e Lenovo se embolaram na disputa pelo terceiro lugar no ranking global, com 4,7% de participação cada. “A participação combinada de Samsung e Apple no mercado caiu dos 50% registrados no primeiro trimestre de 2013 para 47% no primeiro trimestre de 2014. Há mais competição do que nunca vindo de novas marcas”, disse em comunicado, Linda Sui, analista da Strategy Analytics. A avaliação de Linda é que, com a expansão para mercados como China e Rússia, e caso a recente aquisição da Motorola seja aprovada por órgãos reguladores, a Lenovo pode representar uma ameaça ainda mais forte para a Samsung e a Apple a partir do segundo semestre.

Segundo a Strategy Analytics, as vendas globais de smartphones tiveram alta de 33% no 1º trimestre, chegando a 285 milhões de unidades. A demanda foi grande na Ásia, o que ajudou a compensar a desaceleração do mercado na América do Norte — que resultou das mudanças nas políticas de subsídio das operadoras.

Os smartphones representaram 7 de cada 10 celulares vendidos no mundo no período. Ao todo, foram 408 milhões de aparelhos, alta de 9% em relação ao 1º trimestre do ano passado.

O percentual de expansão foi o mais alto registrado desde 2011, impulsionado pela demanda por aparelhos com tecnologias 3G e 4G. A Samsung se mantém na liderança do mercado, mas, assim como na área de smartphones, perdeu espaço: passou de 28,6% para 27,7% do mercado.

Samsung lança Galaxy Note 5 com preço maior que iPhone


gn5A Samsung anunciou a chegada do smartphone Galaxy Note 5 ao mercado brasileiro. O produto terá preço superior ao do iPhone 6 Plus.

O Galaxy Note 5 com 32 GB de armazenamento será vendido por 3.799 reais. Já o concorrente da Apple, com 64 GB de memória, pelo mesmo valor.

O Galaxy Note 5 tem 4 GB de RAM, chip Exynos 7420 octa-core de 64 bits e câmeras de 5 e 16 megapixels. A tela é o que mais chama a atenção no produto. Ela tem 5,7 polegadas com resolução Quad HD.

O diferencial desse aparelho em relação ao Galaxy S6 Edge+ é o suporte para a escrita na tela com a caneta S-Pen. A ideia é que o usuário faça anotações no dispositivo como se ele fosse um bloco de notas digital.

“O Galaxy Note 5 é a ponte entre o digital e o analógico”, afirmou Roberto Soboll, gerente sênior de smartphones na Samsung Brasil, durante a apresentação oficial do produto em São Paulo.

A bateria do Note 5, segundo a Samsung, dura um dia todo de uso e pode ser recarregada de zero a 100% em duas horas (com o aparelho desligado ou em modo avião). Uma novidade nas câmeras do produto é que elas podem fazer transmissões ao vivo para o YouTube.

O Galaxy Note 5 começará a ser vendido no dia 17 de outubro, mas terá pré-venda a partir do dia 12.

Gear S2…

A Samsung aproveitou o evento para anunciar também a chegada do relógio inteligente Gear S2 ao país. O produto tem versões com pulseira de couro ou de plástico, mas outras opções também são vendidas separadamente.

O relógio inteligente tem autonomia de bateria para dois ou três dias de uso. O dispositivo é resistente à água e à poeira, certificado pelo IP68. O produto pode ser mergulhado em água doce parada a um metro de profundidade ao longo de até 30 minutos. As vendas serão iniciadas em novembro.

A versão esportiva, com pulseira de plástico, custará 1.899 reais. A versão clássica, com pulseira de couro, sairá por 2.099 reais. Ambos os preços são mais baixos do que a concorrente Apple cobra pelo Apple Watch no Brasil.

Fotos do iPhone 6 mostradas recentemente na web são falsas


Esta semana milhares de blogs e redes sociais mostraram fotos do suposto iPhone 6, pois bem eram falsas, a informação, confirmada pelo portal The Verge, indica que as imagens publicadas pelo blogueiro de tecnologia Sonny Dickson são apenas uma “representação” criada pelo designer Martin Hajek .

Todas as imagens aparecem com uma “textura manchada”, marca do designer – conforme pode ser visto no perfil Self.Apple no Reddit. O falso modelo do iPhone 6 aparece em uma cor prateada conhecida como “space grey”. Nas imagens, o formato do celular está similar com iPod Touch e o iPad Air, com as bordas arredondadas e uma tela maior que sua versão anterior.

O blogueiro ainda alertou não ter “100% de certeza”. Contudo, as imagens também já aparecem em alguns perfis no Twitter e no site brasileiro da Revista Info. O lançamento do iPhone 6 é aguardado para o próximo evento dos programadores da Apple, em abril de 2014.

Vídeo ensina como apagar lista antiga de Wifi no Android


De tanto você se conectar em qualquer lugar que anda você não se dá conta, mas está entupindo e deixando mais lenta a conexão com lista antiga de Wifi no seu smartphone ou celular Android, muitas vezes que nem funciona mais, este vídeo ensina como deletar toda esta lista de maneira fácil.