Panasonic conserta de graça sua TV se o defeito for na base – Recall técnico


A  Panasonic, detectou um defeito na base que suporta a TV de cristal líquido onde há o risco do aparelho cair caso seja girado para mudar de posição. A empresa anunciou que cerca de 113 mil aparelhos de TV serão recolhidos gratuitamente para serem consertados.

Foram 114.462 unidades fabricadas no período de dezembro de 2011 a junho de 2013. A fabricante irá efetuar a troca gratuita da peça interna.

Ela apresentou pedidos de desculpas e pede aos clientes para conferirem os números das 4 séries: TH-L55ET5, TH-L47ET5, TH-L42ET5 e TH-L42E5.

O número do telefone de chamada gratuita para contato é 0120-878-590. O horário de atendimento no período de recall – até 12 de outubro – é das 9h às 21h.

Os aparelhos de TV da Panasonic com defeitos são de 42 e 55 polegadas e foram vendidos entre dezembro de 2011 a junho de 2013, totalizando 113.462 aparelhos.

Panasonic apresenta “Future Lifestyles” na IFA 2017

Durante a exposição, a Panasonic realizará a Panasonic LIVE@IFA2017, uma transmissão de vídeo ao vivo diretamente da feira.

Principais exposições no estande da Panasonic

1. Viver Melhor Amanhã 
A exposição representa nessa área um estilo de vida enriquecido com tecnologias da Internet das Coisas (Internet of Things, IoT), inteligência artificial (artificial intelligence, AI) e robótica. A Panasonic apresentará as tecnologias avançadas de IoT que tornam a vida diária mais conveniente, ao conectarem os objetos dentro de casa e com o mundo exterior. Outro recurso são as tecnologias de AI e robótica que apoiam diversos aspectos da nossa vida, fazendo com que o tempo passado com familiares e amigos seja mais feliz.

Cozinha colaborativa 
Uma consultoria de cozinha AI sugere receitas para diversas ocasiões. Esta cozinha colaborativa (Collaborative Kitchen) amplia as possibilidades de uma cozinha, com conselhos fornecidos por organizações de pesquisa culinária e chefs profissionais e com eletrodomésticos que trabalham em conjunto com as receitas sugeridas.

Parceiro educacional 
Este robô social, que oferece diversos serviços em colaboração com instituições educacionais, incentiva o crescimento autônomo das crianças através de jogos interativos. Uma câmera incorporada tira fotos das reações espontâneas das criança e envia para o robô, mantendo um registro do seu crescimento. O robô também aprende e fica mais inteligente a cada dia que passa.

Geladeira móvel + Refrigerador de saquê 
O Refrigerador de saquê da Panasonic está conectado à base de dados de uma cervejaria e oferece informações sobre cada garrafa de saquê colocada, recomendando pratos harmonizados. A Geladeira móvel nessa área responde a comandos por voz e se desloca com segurança pela casa sem bater em crianças ou animais. Essa geladeira autônoma pode transportar alimentos até o local especificado, para você.

Mantenedor sustentável 
Esse sistema de lavagem de roupa inteligente identifica automaticamente o material da roupa em cooperação com fabricantes de vestuário e escolhe o melhor ciclo de lavagem adequado à quantidade de sujeira. Não só lava e seca, como também pode dobrar e colocar a roupa lavada num armazenamento embutido.

Net x Simba: acaba a guerra e SBT, Record e Rede TV volta a grade de programação da operadora Claro TV e NET


Acabou a guerra entre a operadora e Simba, grupo criado pelas TVs para proteger seus direitos de transmissão.

A Net e a Claro, como fizeram em agosto Sky e Vivo, concordaram em pagar um valor por assinante para as três redes de TV, que até março respondiam por quase 20% de toda a audiência do cabo e do satélite. O valor não foi divulgado.

No início de agosto, a Vivo TV encerrou o impasse e passou a transmitir o sinal digital das três emissoras de TV aberta na operadora em definitivo. No final de agosto, foi a vez da SKY voltar a exibir a grade da Record TV, RedeTV! e SBT.

Em 29 de março de 2017, o sinal das três emissoras saiu das operadoras de TV, após o desligamento do sinal analógico na Grande São Paulo.

No início, a Simba pedia R$ 15,00 por assinante para liberar o sinal para as operadoras de TV. A negociação abaixou para R$ 10,00, R$ 7,00, R$ 3,20, e acabou fechando em R$ 1,00.

Anatel instaurou processo sobre a retirada dos canais SBT, Record e Rede TV da programação paga


A Anatel, Agência Nacional de Telecomunicações, avisou que instaurou processo para analisar a retirada dos canais SBT, Record e Rede TV da programação de diferentes operadoras de TV por assinatura. Desde abril o sinal dos canais foi suspenso para clientes Sky, Oi, Claro/Net. A partir de junho, a Vivo também deixará de transmiti-los.

O processo foi aberto a pedido do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec), que questiona os motivos da interrupção do sinal. “A Agência notificou ontem as empresas de TV paga, que têm cinco dias para apresentar argumentos. Após receber os seus argumentos, a área técnica da Anatel dará continuidade à instrução do processo”, avisa a Anatel.

O imbróglio que envolve a transmissão dos canais começou este ano, quando a Simba, empresa que representa os interesses comerciais dos três canais, iniciou negociação dos direitos de carregamento do sinal digital. Detalhes da negociação não foram revelados. As operadoras afirmam que não conseguiram chegar a um acordo quanto ao preço. A Simba, conforme a legislação, pode impedir as empresas de transmitirem o sinal digital.

VIVO ANUNCIA RETIRADA DE RECORD, REDETV! E SBT DO LINE UP

A Vivo começou a veicular anúncios avisando que Record, RedeTV e SBT serão retirados no line up de TV por assinatura em 10 de junho. Segundo o comunicado, a retirada dos canais vai acontecer nas cidades onde o sinal analógico de TV foi desligado, o que inclui a principal praça da empresa, São Paulo e cidades da região metropolitana, de Goiás e do Distrito Federal.

A empresa diz que não conseguiu fechar um acordo com os canais para mantê-los no ar. “Durante 45 dias, a Vivo manteve um canal aberto de diálogo e negociação com a Simba, empresa que representa as emissoras, mas não chegou a um acordo comercial. Por esta razão, a Vivo comunicou os seus clientes nesta sexta-feira, 12 de maio, que os sinais da SIMBA serão retirados da sua grade de programação dentro de 30 dias. Os demais canais abertos não sofrerão alteração”, afirma a operadora.

A suspensão dos canais atingirá ao menos 77 cidades. Procurada, a Simba ainda não se pronunciou sobre o assunto. A dificuldade em negociar a compra do conteúdo pelas operadoras já levou à retirada no line up de Claro, NET, Oi e Sky. As operadoras lembram que os canais podem ser sintonizados pela TV, desde que tenha conversor digital, dos clientes, uma vez que os canais são abertos.

Motivos da disputa – Conforme regra da Anatel, operadoras de TV precisam carregar em seu line up os canais abertos existentes nas cidades em que atuam sem custo. Como a obrigação vale apenas para o sinal analógico, o carregamento do sinal digital das emissoras locais depende de acordo comercial. As operadoras resistem ao preço por assinante que a Simba pretende cobrar. Já a Simba, no passado, defendeu seu posicionamento reafirmando que cobra preços compatíveis com a prática de mercado.

Informações via TeleSíntese

Canal HBO GO está disponível na plataforma de televisão do Google via Chromecast


A HBO Latin America anunciou que a plataforma digital de entretenimento HBO GO passa a estar disponível por meio do Chromecast. Com a implementação, assinantes da emissora podem assistir os filmes, séries e documentários do catálogo virtual diretamente na tela da televisão, através do dispositivo do Google.

Voltado para a transmissão de conteúdo multimídia, o Chromecast funciona como um gadget que permite a aparelhos televisores comuns o acesso a ferramentas próprias das smart tvs, como a conexão com diferentes plataformas de conteúdos e serviços de streaming através de rede wi-fi.

Vice-presidente executivo de distribuição e desenvolvimento de conteúdos da HBO Latin America, Francisco Smith afirmou que a novidade integra uma flexibilização do conteúdo produzido pela emissora, atendendo a demandas dos assinantes por maior liberdade na hora de assistir aos programas.

Disponível no Brasil desde o final do ano passado e com mais de 2.500 títulos exclusivos, entre eles produções originais como “Epitáfios”, “O Negócio e Sr. Ávila” e “Game of Thrones“, a HBO GO está disponível para dispositivos Android/iOS e também no próprio site da plataforma (clique aqui para acessar).

Vale ressaltar que a plataforma está disponível como complemento sem custo adicional para os assinantes do pacote premium HBO/MAX e como serviço “à la carte” com as operadoras locais.

Segundo a empresa, o catálogo da HBO na América Latina conta com mais 2.500 títulos, entre filmes, especiais e documentários, reunindo produções dos últimos 15 anos. Com a mudança, a HBO se junta à plataformas como Netflix, Amazon e Spotify, que já utilizam o recurso.