Volkswagen T-Roc 2018 chega para competir com Jeep Renegade, Honda HR-V e Hyundai Creta


A Volkswagen apresentou oficialmente o T-Roc. Com 4,23 metros de comprimento, 2,60 metros de entre-eixos e 445 litros de espaço no porta-malas, será posicionado abaixo do Tiguan. No mercado brasileiro, onde deverá chegar no ano que vem, pertencerá ao mesmo grupo de modelos como Jeep Renegade, Honda HR-V e Hyundai Creta.

O modelo chegará primeiramente à Europa até o final deste ano. As opções a gasolina incluem motor 1.0 de 115 cv de potência com câmbio manual de seis marchas, um 1.5 TSI de 150 cv de potência com caixa manual de seis marchas ou automática de sete com dupla embreagem com opção de tração integral

A versão topo de linha traz um 2,0 litros de 190 cv, transmissão automática e tração nas quatro rodas. Já as unidades a diesel compreendem um 1.6 de 115 cv, um 2.0 de 150 cv e um 2.0 de 190 cv.

O crossover permite combinar a cor do teto, que pode ser preto ou branco. Na parte de dentro, uma tela de 11,7 polegadas se destaca no painel digital. O sistema de entretenimento também possui display nos mesmos moldes. O modelo fará sua estreia mundial no Salão de Frankfurt, em setembro.

Volkswagen Polo chega ao País em setembro


5A Volkswagen começou a divulgar novas informações sobre o Polo nacional, que será produzido na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) e chega a partir de 1° de setembro.

O modelo que é produzido sobre a plataforma MQB, que é a mesma utilizada pelo Golf, terá algumas alterações em relação ao modelo europeu.

A suspensão teve a altura modificada e está 20 mm mais alta, para atender as necessidades de altura superior em relação ao solo das condições do Brasil. A barra estabilizadora dianteira tem 20 mm de espessura. A direção terá assistência elétrica, de série em todos os Polo.

Para a versão de topo ele virá com motor 1.0 turbo, o mesmo do Golf, mas ajustado para 128 cv e 20,4 mkgf. Nesse caso, a transmissão será a automática Tiptronic de seis marchas. Essa versão deverá competir com modelos como Ford Fiesta, Honda Fit e versões mais caras de Peugeot 208 e Citroen C3.

O Polo de topo também terá freio a disco nas quatro rodas, controle de estabilidade e o XDS+, que freia a roda dianteira e traseira do lado de dentro da curva para corrigir a trajetória. Há ainda sistema de frenagem pós-colisão, que evita uma segunda batida e reduz a velocidade a até 10 km/h.

Na opção de entrada, é esperado o 1.6 MSI de 120 cv, com opção de câmbio manual ou automático de seis marchas. Para essa versão, os rivais são o recém-lançado Fiat Argo, Chevrolet Onix e Hyundai HB20.

De série, desde essa versão haverá controle de tração (M-ABS + TC), regulagem de freio-motor (MSR), limpeza automática dos discos de freio, para tirar a camada d’água e monitoramento de pressão dos pneus.

Diferente do que esperado, o painel virtual da Europa será oferecido na versão nacional, mas como um opcional apenas na versão de topo. Há também uma central multimídia com tela de 8 polegadas.

O Polo vai oferecer ainda funções como entrada e partida sem chave (keyless), sensores crepuscular e de chuva, Cruise Control, ar-condicionado digital, três tomadas USB, câmera de ré, sensores de obstáculos dianteiro e traseiro, além de rebatimento dos espelhos com função tilt down.

Além das novidades mecânicas, o Polo nacional estreia a nova nomenclatura da Volkswagen para os modelos TSI. Agora, o torque será expresso em Nm antes do emblema TSI, com a versão turbo se chamando 200 TSI.

Golf GTI TCR é versão do hatch feita especialmente para as pistas, veja quanto custa esse VW invocado


A montadora Volkswagen lançou o Golf GTI TCR 2017 / 2018, uma versão do hatch feita especialmente para as pistas. O esportivo veio para comemorar os 40 anos do Golf e ficou 15 centímetros mais largo. O TRC ainda ganhou rodas com aros de 18 polegadas e aerofólio de alumínio. A adição de um difusor dianteiro aerodinâmico foi outra alteração feita para preparar o Golf para as pistas de corrida.

O GTI TCR foi equipado com motor 2.0 turbo de injeção direta que entrega 330 cavalos de potência e 42,8 kgfm de torque. Isso faz com que o novo Golf chegue de 0 a 100 km/h em 5,2 segundos e alcance a velocidade máxima de 230 km/h. O modelo conta com uma caixa de câmbio sequencial de seis velocidades.
Os pilotos podem adquirir o Golf GTI TCR pelo preço de 90.000 euros (aproximadamente R$ 300.000 na cotação atual). A Volkswagen já entregou mais de 20 unidades do esportivo para clientes e espera mais 30 pedidos em 2017.

Homologado para disputar campeonatos de carros de turismo disputados na Europa, o Golf GTI TCR traz uma carroceria alargada em 15 centímetros em relação à versão de rua. O carro ganhou também novos para-choques, extratores de ar e uma gigantesca asa traseira.

A aerodinâmica foi revisada e aprimorada em comparação à antiga versão de competição do GTI: os engenheiros conseguiram reduzir o arrasto, aumentar a pressão aerodinâmica e melhorar a refrigeração.

PONTOS FORTES

Já na versão básica, o hatch oferece ar-condicionado de duas zonas, direção elétrica, tela do sistema multimídia com 5,8 polegadas e sensibilidade ao toque, sensores de estacionamento e sete airbags
O pacote de opcionais inclui itens como aquecimento para os bancos, faróis de xenônio, detector de fadiga e teto panorâmico
Além do desempenho surpreendente, o motor 1.4 TSI a gasolina (com transmissão DSG de sete marchas) é econômico – médias de 10,4 km/l na cidade e 15,9 km/l na estrada

PONTOS FRACOS

Completa, versão Highline 1.4 TSI DSG fica mais cara que o Volvo V40
O espaço no banco traseiro não agrada quando há três ocupantes
Seu porta-malas oferece apenas 276 litros de espaço (capacidade inferior à de alguns hatches populares)

No seu ano de estreia o Golf GTI TCR recebeu 20 encomendas. Este ano são esperadas mais de 30.

Volkswagen chega recheada de novidades para linha 2017 / 2018, veja preços e quando chega ao mercado


Linha da Volkswagen chega recheada de novidades para 2017 e 2018, confira preços e quando chega ao mercado brasileiro.

Nova geração do Tiguan

 

new-2017-vw-tiguan-7

Primeiro SUV feito em cima da plataforma modular MQB – de Golf e Audi A3, a nova geração do Tiguan chega ao Brasil até o fim de 2017. O Utilitário agora ostenta formas quadradas e novas dimensões: cresceu 6 cm no comprimento, 3 cm na largura e 7,6 cm no entre-eixos em comparação a geração anterior. O carro virá importado do México e deverá ter motores 1.4 TSi de 140 cv e 2.0 TSi de 220 cv. Os brasileiros tiveram uma prévia no motorshow paulistano quando o SUV foi exibido na versão híbrida GTE e cortado ao meio para demostração da tecnologia.

Preço: R$ 130 mil a R$ 155 mil
Estreia: 1° semestre 

Volkswagen Up! reestilizado

novo-up-2017-painel-1

Em fevereiro desse ano, a VW lançoupara o Salão de Genebra, na Suíça, a primeira reestilização do UP. Mas já? Vale lembrar que o UP foi lançado em 2011 na Europa, mas só chegou ao Brasil três anos depois. Em 2017, o carrinho completa três anos por aqui – prazo médio que as fabricantes realizam facelift em seus carros. A repaginada é discreta, com poucas alterações nos para-choques, lanternas e faróis. No Velho Continente o Up ainda ganhou uma central multimídia mais completa e com som da grife Beats, coisa que certamente não deve aparecer por aqui

Preço: R$ 40 mil a R$ 55 mil
Estreia: 2° semestre 

Golf reestilizado 2018

golf-turbo-seguro-cores

Lançado em 2014, o Golf vai entrar naquela época de transição e mais próximo do facelift de meia-vida em 2017. E a VW já mexeu no carro lá fora. Pouco, é verdade. Os faróis e lanternas ganharam LEDs, os para-choques foram esticados e o motor 1.4 TSi virou 1.5 EVO – justamente uma evolução do 1.4. Em vez dos 140 cv (na Europa), o hatch mpedio passa a ter 150 cv.

O carro ostenta ainda uma central multimídia mais moderna com tela de 9,2, que pode ser controlada por gestos. Essa reestilização deve chegar aqui no final de 2017 – já como modelo 2018.

Preço: R$ 90 mil
Estreia: 2° semestre

Nova Amarok

01zslides-2017-volkswagen-amarok-facelift-amarok

A Volkswagen já lançou a Amarok reestilizada no Brasil. E a maior novidade da picape é o novo V6 3.0 Turbodiesel. Por ora essa motorização é exclusiva para Europa e Argentina, onde é feita. Ela só aparece no Brasil no final de 2017 em uma versão chamada Aventura. São 224 cv e 56 mkgf de torque. Por enquanto a picape é vendida com o mesmo 2.0 litros turbodiesel com potências de 140 cv ou 180 cv, dependendo da versão. O facelift é brando, com faróis, grade, para-choques e faróis de neblina levemente remodelados.

Preço: R$ 180 mil 
Estreia: Junho

Novo Gol GT

 

vw-gol-2017-6

De surpresa a sucesso no salão do Automóvel de São Paulo. A repercussão foi tamanha no motorshow paulistano (#voltaGolGT) que a VW vai produzir a reinterpretação moderna do lendário Gol GT, de 1984. Em versão limitada de 500 unidades, o Gol GT será uma homenagem a despedida atual do ciclo de vida do hatch, que vai ganhar uma nova geração em 2018. O motor ainda não foi definido, mas o compacto pode vir com o 1.6 litro aspirado de 104 cv ou até mesmo o 1.0 turbinado de 125 cv.

Preço: n/a
Estreia: 2° semestre 

Volkswagen Breeze 2018

volkswagen-t-cross-breeze-concept-inline1-2-photo-cores-seguro-taxa-zero-sair-linha-original

O Breeze faz parte do pacote de investimentos de R$ 10 bilhões e quatro novo veículos que volkswagen terá no Brasil até 2018. O carro se situará abaixo do Tiguan. O inédito SUV é feito sob a plataforma MQB-Ao, uma variação da usada no golf e que dará origem a nova família do Gol. O Breeze pode surgir já no final do ano que vem como linha 2o18. E não é difícil imaginar que o SUV tenha a opção do motor 1.0 TSi de 125 cv, que está sob o capô do Golf. É possível ainda que ele tenha uma versão mais potente. Aí seria o 1.4 TSi flex de 150 cv.

Preço: R$ 90 mil a 110 mil
Estreia: 2017/2018