Chamada di vídeo no WhatsApp já está disponível em alguns dispositivos


As tão esperadas chamadas de vídeo estão finalmente chegando ao WhatsApp. E dessa vez não é golpe. A versão de testes do aplicativo está testando a funcionalidade em dispositivos Windows Phone.
Por enquanto o recurso está disponível apenas para o WhatsApp Beta na plataforma da Microsoft, mas existe a expectativa de que ele seja liberado no app para Android e iOS em breve.

Para utilizar o recurso é preciso pressionar o botão de chamada e escolher chamada de vídeo. Pronto, agora a chamada já irá começar.

Segundo relatos de alguns usuários que já testaram a função publicados no site OneWindows, é possível silecinar a chamada e alternar entre a câmera frontal e traseira. Há também um botão específico para as vídeochamadas na área de Contatos.

Wi-fi Tool para Windows Phone


windows-wifiEste aplicativo é um analisador completo das redes wi-fi em torno do aparelho, que podem ser exibidas em um ambiente tridimensional virtual.

Você pode verificar a qualidade do sinal de cada uma (especialmente útil para uso doméstico, para verificar o que interfere com a qualidade da transmissão); descobrir quais redes são abertas e qual a criptografia de cada uma; e saber quais são os canais de frequência disponíveis para uso em cada uma (alterando o canal no roteador para um mais livre, pode-se aumentar o alcance da rede.

RECURSOS

  • Interface do usuário moderna do Windows 10
  • visualização 2D e 3D
  • Descubra qualquer sinal WiFi ao redor de você
  • Filtrar, classificar e agrupar redes disponíveis
  • Alternar entre diferentes redes instantaneamente
  • Informações detalhadas sobre ponto de acesso WiFi específico
  • Localizar canal menos usado para seu próprio roteador

IDIOMAS

Alemão,Chinês (Simplificado),Chinês (Tradicional),Coreano,Espanhol,Francês,Holandês,Inglês (Estados Unidos),Italiano,Norueguês

WhatsApp – Windows Phone recebe pequena atualização


wpwO WhatsApp para Windows Phone foi atualizado para a versão 2.12.180. Faz apenas alguns dias que o aplicativo recebeu um outro patch menor. Agora, seguindo a série de atualizações pequenas e rápidas, o app ganhou uma nova mudança que aparentemente traz poucas novidades.

Como não temos nenhum changelog para essa versão, não é possível dizer com certeza o que mudou realmente, uma vez que não há novidades muito evidentes. Mas já que não havia muita coisa na atualização de apenas uma semana, podemos supor que o lançamento de hoje contém várias correções de bugs e pequenas melhorias decorrentes da versão anterior, afim de garantir uma experiência estável.

Apesar das poucas novidades, muitos usuários do Windows 10 Mobile já estão ansiosos pelo desenvolvimento do aplicativo em versão otimizada para o Windows 10 Mobile, algo que foi questionado pelo portal WM PowerUser e respondido pouco tempo depois.

“Olá,

Obrigado por sua mensagem.

Agradecemos o seu feedback sobre a compatibilidade do WhatsApp com o Windows Phone 10 e pedimos desculpas pelo inconveniente.

Windows Phone 10 não é uma versão oficial do SO e, atualmente, não estamos provendo suporte para versões beta de sistemas operacionais.

Nossos desenvolvedores estão trabalhando duro para lhe fornecer uma versão compatível.

Obrigado pela sua paciência e apoio.

Emilia

Equipe de Suporte do WhatsApp”

De qualquer modo, os usuários que já tinham o app na versão anterior são recomendados a atualizar e, se encontrarem alguma novidade em recursos ou melhoria de desempenho, deixe nos comentários abaixo. O WhatsApp para Windows Phone está disponível em sua página naWindows Store.

Windows Phone: como ligar ou desligar a Internet móvel 3G ou 4G


Dicas úteis Windows Phone.

1. Acesse as configurações do seu telefone;

2. Procure por “Rede celular”, para Windows Phone 8, ou por “Rede celular+SIM”, para a versão 8.1 do sistema.

3. Na janela que se abre, toque na caixa de opções e escolha “desativada”, se o seu smartphone estiver na versão 8.0 do sistema. Já no Windows Phone 8.1, basta tocar na chave destacada para desativar ou ativar a rede celular.

Pronto! Agora você já sabe como ativar ou desativar a Internet móvel 3G ou 4G do seu Windows Phone. Com isso, você poderá gerenciar melhor quando utilizará seu plano de dados e também economizar bateria no smartphone.

Aparelhos com Windows Phone poderão ter funções semelhantes ao Kinect

Já ouviu falar do Kinect? Pois bem, de acordo com algumas informações que andam circulando pela rede os futuros aparelhos com o Windows Phone, sistema da Microsoft, deverão trazer integrados a si algumas novidades dentre elas leitores e sensores com algumas semelhanças ao Kinect.

De acordo com informações divulgadas por fontes ao site The Verge, até um novo protótipo da Nokia já existe. O tal dispositivo foi batizado de “McLaren” e conforme o informado já conta com funções como o mapeamento da localização do dedo como “item” de referência em relação à interatividade dos usuários e às funcionalidades apresentadas pelos games e demais aplicativos do celular.

O nome do aparelho ainda é uma dúvida. Alguns estão dizendo que poderá se chamar 3D Touch ou Real Motion. De qualquer maneira a tecnologia em questão já vem sendo trabalhada pela Nokia já há alguns anos. Com o aprimoramento da mesma já estaria mais próxima de ser lançada em um dispositivo.

Presume-se que o dito Nokia McLaren deverá ser o sucessor do Lumia 1020. O aparelho deveria chegar ao mercado ainda com um sistema de sensores voltado para a captação em 3D. Lembrando que algo do tipo já havia sido anunciado pela Amazon para seu primeiro smartphone. De qualquer forma o objetivo seria também provocar uma certa competição com a Samsung que, por sua vez, já conta com a tecnologia em relação ao reconhecimento de movimentos.

Seguindo alguns rumores em relação à tecnologia 3D Touch há informações que entre suas possíveis funções estariam formas diferentes de se enviar comandos básicos ao aparelho. Isso se refere a funções que permitiriam que o aparelho desativasse uma chamada ao ser colocado no bolso ou ainda ligar o alto-falante ao colocá-lo sobre alguma superfície como uma mesa.

Entre outras possíveis funções estariam o bloqueio da orientação da tela de acordo com a posição do usuário ou ainda a mudança do zoom por meio de movimento dos dedos ao lado do dispositivo.

Em resumo, o que Microsoft parece estar planejando fazer é ir acabando aos poucos com os botões. A previsão é de que caso tudo isso se confirme a Microsoft já lance seus dispositivos até o fim deste ano.