Caixa preta do avião de Eduardo Campos pode esclarecer boatos – Teoria da conspiração


Boatos e teorias já rolam solta na internet, busca da caixa preta do avião pode tirar dúvidas, ou não.

A Aeronáutica irá a partir de agora investigar o acidente. O órgão está com a caixa-pretas que registra o que a tripulação conversou antes do acidente.

Será possível descobrir, por exemplo, se o piloto fez algum aviso de problema técnico aos órgãos de controle de tráfego ou à base aérea.

A Aeronáutica irá apurar se houve falha mecânica ou erro dos pilotos –ou os dois fatores associados.

Um acidente ocorre por um somatório de fatores e a investigação resulta em relatório que propõe medidas para evitar outro desastre.

O avião, para dez passageiros e de 2010, estava em dia com o certificado que lhe permite voar e com a inspeção anual de manutenção, diz a Anac. Em 16 de junho, em Londrina, uma falha havia impedido o avião de decolar.

Especialistas em aviação dizem que o mau tempo pode ter levado o piloto a se desorientar entre as nuvens e perder altitude, embora os equipamentos a bordo lhe permitissem ter esse dado.

Pedestres viram o avião pegar fogo antes de cair; as duas turbinas foram recolhidas, de modo a apurar se falharam.

A identificação das vítimas será por DNA, pela Polícia Científica de São Paulo e pela Polícia Federal. Em razão do forte impacto, os corpos sofreram mutilações que impedem o reconhecimento visual.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) informou que o Instituto Médico Legal de São Paulo começou na noite desta quarta a trabalhar na identificação dos corpos das sete vítimas do acidente. Partes dos restos mortais chegou às 20h ao IML Central. O trabalho será coordenado por uma equipe de 30 legistas, além de quatro peritos da Polícia Federal. A SSP informou ainda que os exames de DNA serão realizados por dez peritos criminais especialistas em genética forense.

As causas do acidente ainda não foram confirmadas pela Aeronáutica. O avião Cessna 560 XL, prefixo PR-AFA, voava do aeroporto Santos Dumont, no Rio, para a base aérea do Guarujá (SP). Campos teria três compromissos de campanha em Santos.

Além do presidenciável, estavam a bordo quatro assessores: Alexandre Severo (fotógrafo oficial da campanha), Marcelo Lira (cinegrafista), Pedro Valadares (ex-deputado e assessor do candidato) e Carlos Percol (assessor de imprensa). Também morreram o piloto e o copiloto da aeronave.

O avião caiu sobre um prédio na rua Vahia de Abreu, no bairro do Boqueirão, região central de Santos. Ao menos cinco pessoas que não estavam a bordo ficaram feridas e foram encaminhadas para um hospital da região.

    🔴 CAIXA PRETA - ÁUDIO DAS úLTIMAS PALAVRAS DE PILOTOS EM QUEDA DE AVIõES - ..

    AtenÇÂo os áudios neste vídeo pode ser perturbador para pessoas mais sensíveis. o intuito do vídeo é explicar o que ocorreu nestes acidentes e como ...

    🔴 CAIXA PRETA 3 - AS úLTIMAS PALAVRAS DOS PILOTOS EM QUEDA DE AVIõES - PART ..

    AtenÇÂo os áudios neste vídeo pode ser perturbador para pessoas mais sensíveis. o intuito do vídeo é explicar o que ocorreu nestes acidentes e como ...

    🔴 CAIXA PRETA - ÁUDIO DAS úLTIMAS PALAVRAS DOS PILOTOS EM QUEDA DE AVIõES ..

    AtenÇÂo os áudios neste vídeo pode ser perturbador para pessoas mais sensíveis. o intuito do vídeo é explicar o que ocorreu nestes acidentes e como ... Tudo sobre Caixa preta do avião de Eduardo Campos pode esclarecer boatos – Teoria da conspiração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *