Chevrolet Tracker LTZ 2016 com novo preço de tabela


O Tracker tem preço de tabela competitivo e boa lista de equipamentos. Apesar de alguns rivais neste festival apresentarem ofertas melhores. Em destaque há bancos de couro com ajuste lombar elétrico, rodas de liga leve de 18 polegadas, faróis de neblina, controle automático de velocidade de cruzeiro e câmbio automático de seis marchas. Com mais R$ 4.140 dá para levar teto solar, air bags laterais e acabamento interno em dois tons.

No quesito show, o Chevrolet agrada a plateia pelo desenho. Os para-lamas saltados e o porte avantajado dão ar robusto ao SUV. Na dianteira, grade e faróis são harmoniosos. Na parte de trás, as formas arredondadas e as lanternas verticais conversam bem. As rodas de 18 polegadas têm desenho sóbrio, mas se destacam nas laterais. Assim como a linha de cintura alta com pouco área envidraçada na proporção traseira. O Tracker foge das proporções desajeitadas de alguns SUVs daGM, ainda bem.

Por dentro, as linhas curvadas e esguias continuam, mas o cluster pequeno e com cara de barato atrapalha um pouco a experiência, além da leitura difícil. Aí oChevrolet perde alguns pontos. Também não ajudam o espaço econômico no banco traseiro e a posição de dirigir elevada. O Tracker já é alto, mas o assento deixa o motorista em posição ereta além do necessário. Essa característica se reflete na ergonomia.

Busca-se ritmista…

Na hora de acelerar o Tracker, as sensações são conflitantes. O motor 1.8 de 144 cv, o mesmo usado pelo Cruze, não gosta dessa história de pressa. A aceleração até 100 km/h fica atrás de HR-V e Renegade. As retomadas são as mais lentas do comparativo, mas aí é preciso falar também da transmissão. O 1.8 e o câmbio automático de seis marchas não se bicam. Cada um decide um ritmo na hora de tocar e o resultado não agrada ao volante. Outra vítima do conflito de egos da trupe é o consumo de combustível. Portanto, é preciso contratar um novo baterista. O câmbio seis marchas do Tracker está atravessando o conjunto.

Por outro lado, o Chevrolet tem baixo ruído interno e suspensão bem acertada. Não expõe aquele pula-pula na buraqueira nem aquela moleza preguiçosa de outros utilitários esportivos. Isso compensa em parte o desconforto da posição de dirigir mais careta e a falta de espaço traseiro.

Na estrada, o pedal de freio tem calibração aceitável, dá para equilibrar bem o Chevrolet antes das curvas. Apesar das frenagens na nossa pista de testes não terem números tão empolgantes, pode-se culpar os freios a tambor no eixo traseiro. O Tracker se comporta bem nas manobras com pouca torção de conjunto para um SUV, a carroceria bem construída ajuda nisso. Porém, é necessária sabedoria na hora de fazer uma viagem. O porta-malas com só 306 litros é menor do que o de um Renault Sandero.

Informalmente, a Chevrolet confirma que em três anos fará no Brasil o sucessor doTracker, que também terá versões deve brigar no andar de baixo contra FordEcoSport e companhia. Até lá, a engenharia precisa ensaiar melhor o conjunto mecânico do SUV e melhorar a vida de motoristas e passageiros.

Preço: R$ 92.990

TRAC2

    CHEVROLET TRACKER LTZ - DTMOTORS #25

    Avaliação do chevrolet tracker ltz - dtmotors #25 chevrolet tracker ltz - dtmotors #25 curtiram? comentem sobre chevrolet tracker ltz - dtmotors #25 ...

    VRUM TESTA NOVO CHEVROLET TRACKER

    O teste de hoje é com um jipinho que você talvez já conheça. ao menos pelo nome. só que o novo chevrolet tracker não tem nada a ver com o antigo e ...

    TEST CHEVROLET TRACKER LTZ - AUTO AL DIA

    Test del chevrolet tracker ltz realizado en el programa auto al dia, suscribite a nuestro canal y mira los mejores test en video. Tudo sobre Chevrolet Tracker LTZ 2016 com novo preço de tabela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *