Eleitor coloca cola Super Bonder na tecla 3, inpedindo voto no PT


Querem de toda forma impedir mais corrupção no Brasil, até cola em tecla ta valendo, uma urna eletrônica teve de ser trocada neste domingo (26) porque um eleitor colou a tecla “3”, impedindo os votos dos demais cidadãos da seção 11 da zona eleitoral de Formosa, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-GO), a Polícia Federal procura pelo eleitor que estragou o equipamento, pois ele já foi identificado.

O TRE-GO explicou que a pessoa que foi votar após o suspeito encontrou a cola instantânea escorrendo. Ele denunciou a situação ao presidente da seção. Quando o problema foi constatado, o suspeito já não estava mais nas dependências do local de votação.

urna-colada

    PASSEI 100 CAMADAS DE GELATINA ME ARREPENDI

    Email para palestras stand-up entrevistas e publicidade. rodrigof.contato@gmail.com whatsapp 31 9 7310-8038 snapchat rodrigofee ...

    SUPER COLA 3 - ANúNCIO

    Super cola 3 - cola tudo em segundos - anúncio.

    SURRA DE URTIGA DESAFIO 7

    Veja: bebendo pimenta como se fosse água https://www.youtube.com/watch?v=3lhfflw0bs8 veja: comendo barata viva ... Tudo sobre Eleitor coloca cola Super Bonder na tecla 3, inpedindo voto no PT

2 respostas para “Eleitor coloca cola Super Bonder na tecla 3, inpedindo voto no PT”

  1. Verdade Edvaldo. O problema não é impedir a corrupção e sim impedir que uma candidata que sempre a combateu abra um processo contra eles. Pelo menos nós sabemos que está existindo e está sendo apurada. Antes existia e ninguém sabia, porque nunca foi investigada.

  2. Expliquem melhor; A intenção da cola, é: Impedir a corrupção ou impedir que a presidenta venha tomar medidas bem mais rigorosa, com o apoio do povo, mediante plebiscito ao pedir o fim da impunidade dos corruptos do seu partido, assim como dos inocentes da oposição, que desconheciam este ato, coitados.
    Em tempo: O povo, este sim, tem poder, é só encher o saco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *