Fiat Toro 2017 – Preço e consumo


2015-09-22-12.18.25-1

Engana-se quem pensa que a picape da Fiat brigará com Oroch. São mais de 4,90 m de comprimento (o Renault tem 4,69 m). Só que brigará com as médias de fato, no preço – com versões intermediárias a partir dos R$ 90 Mil – e na capacidade de carga de 1.000 kg (igual a Frontier). Obviamente, a toro de entrada rivalizará com a oroch, com motor 1.8 remapeado para gerar 138 cv, câmbio manual de  marchas e preços a partir de R$ 69 Mil. As variantes a diesel 4×4 usarão o Multijet de 170 cv e os preços vão começar em R$ 99 Mil.

Rg Do Carro:

Quando Chega: Fevereiro
Preços: R$ de R$ 69 Mil a R$ 130 Mil
Motor: 1.8 16V flex ded 140cv e 2.0 turbodiesel de 170 cv 
Transmissão: Manual de 6 marcha ou automática de 6 e 9 marchas 

    FIAT TORO 2.4 FREEDOM EM DETALHES - FALANDO DE CARRO

    Confira nesse vídeo todos os detalhes do novo fiat toro com motor 2.4 flex de até 186 cavalos. preço - r$ 109 mil. parceiro arsenalcar ...

    FIAT TIPO HATCH E PERUA - CARPLACE FAST NEWS - 07/03/2016

    A fiat mostrou em genebra as versões hatch e perua da nova geração do tipo. modelo pode ser uma boa para o brasil. confira!

    PRéVIA - NOVO FORD ECOSPORT 2018

    Tudo sobre Fiat Toro 2017 – Preço e consumo

2 respostas para “Fiat Toro 2017 – Preço e consumo”

  1. Pelo fato de utilizar estrutura monobloco no lugar da tradicional concepção de carroceria montada sobre chassi das picapes médias, a Toro tem dinâmica de carro de passeio. Esse comportamento também é beneficiado pela suspensão traseira multilink que garante boa dose de conforto no asfalto e ainda filtra com bastante eficiência as imperfeições de estradas de terra, evitando os incômodos pulos da caçamba ao passar por buracos. O controle e a estabilidade em curvas mais rápidas também são bem superiores aos de qualquer picape média.

    Mesmo medindo 4,91 metros de comprimento, a Toro não chega a ser um trambolho no uso urbano. Por ser mais estreita que as rivais médias, ela trafega sem dificuldades em faixas e vias mais apertadas. Apesar do raio de giro elevado (12,9 metros), a Toro entra em vagas de estacionamento com poucas manobras, pois a direção elétrica tem assistência bastante leve e ágil.

    A combinação do motor a diesel com o câmbio manual garante boa disposição à picape em praticamente qualquer situação. Graças ao torque máximo entregue a 1.750 rpm, a Toro esbanja força em arrancadas, subidas e embala rapidamente, exigindo poucas reduções de marcha para retomar velocidade ou realizar ultrapassagens. A alavanca de câmbio curta e de engates mais macios é outra característica que deixa a dirigibilidade da Toro mais parecida com a de um automóvel. De acordo com a Fiat, essa configuração da picape acelera de 0 a 100 km/h em otimistas 9,5 segundos e atinge a velocidade máxima de 190 km/h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *