Renault Duster Pick-up: preço e informações da Oroch


Já faz alguns anos que a Dacia vem trabalhando na versão picape baseada no Duster. Os franceses sempre olharam o segmento de picapes leves com bons olhos, ainda que as experiências recentes tenham mostrado resultados negativos, como o fracasso da Peugeot Hoggar. Tampouco deu certo vender por aqui na segunda metade dos anos 90 a picape 504, importada da Argentina.

Um meio-termo entre Strada e S10, a antiga Peugeot era baseada num sedã médio, levava 1,3 tonelada de carga e rodava com diesel. Embora o carro tivesse seu valor, acabou se tornando um produto restrito a um nicho do mercado e foi descontinuado mais tarde.

A picape Duster, portanto, será a retomada de um nicho abandonado há quase 20 anos. Mas ela passará longe do diesel – e nada de capacidade de carga hercúlea. A Renault dividirá a base com o SUV, incluindo mecânica e peças de acabamento. E, por consequência, peças que também servem ao Logan e Sandero. A motorização será a mesma que conhecemos hoje, com os propulsores 1.6 e 2.0, e a possibilidade de receber a transmissão automática e uma caixa manual de seis marchas.

No entanto, a tração 4×4 não estará disponível, pois a suspensão traseira será a mesma do Duster 4×2, ou seja, um eixo de torção com molas helicoidais. A Renault pretende situar a novata entre as picapes baseadas em carros compactos (Strada e Saveiro) e a Ranger Sport 2.5 (173 cv), que custa R$ 67 990.

duster-2

A picape Duster não custará pouco. Seus preços devem ser equivalentes aos das versões mais caras das concorrentes baseadas em compactos, como a Saveiro Cross cabine estendida (R$ 54 070), variando entre R$ 50 000 e R$ 66 000.

Haverá uma versão menos equipada, com foco nos frotistas, com rodas de aço, para-choques sem pintura e interior com acabamento menos detalhado. A ideia é ocupar um espaço que ficou abandonado, quando a Ford Courier 2017 e a Hoggar saíram de linha. A capacidade de carga será um dos diferenciais, em torno de 800 kg (contra 620 a 685 kg das atuais Saveiro e Strada), mas a área da caçamba deve ser quase igual ao que há hoje nas compactas de cabine simples. Planejado para ser produzido na fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, o projeto não é a prioridade número 1 da Renault Oroch.

Mas a empresa tem pressa para finalizar os protótipos, já que a Fiat trabalha em uma picape média totalmente nova. A empresa sediada em Betim (MG) é especialista em picapes compactas, mas sem tradição entre os modelos grandes. Após a união com a Chrysler, acumulou know-how no categoria de cima e adotará estratégia semelhante à dos franceses.

Ou seja, aproveitar a arquitetura híbrida de automóvel com utilitário para expandir a gama de produtos. No caso da italiana, será a mesma plataforma do Dodge Dart/Fiat Viaggio. Quando a Fiat e a picape Duster chegarem ao mercado, serão concorrentes diretas.

Estreia:

03/2015

Preço:

R$ 65 000

Concorrentes:

Será a nova picape da Fiat

Ano/modeloCódigo FIPEPreço (R$)
2016 Gasolina025232-864.375,00
2017 Gasolina025232-866.480,00
Zero KM Gasolina025232-873.778,00

    NUEVA RENAULT DUSTER OROCH 2017 EN COLOMBIA - LANZAMIENTO Y PRESENTACIóN OFICIA ..

    Pocos días después de haberse presentado la renovada duster, renault-sofasa lanza en colombia la nueva duster oroch, su primera pick up doble cabina ...

    ► 2016 RENAULT DUSTER OROCH - TORTURE TESTS

    Renault duster oroch confirms the strategic importance placed on latin america. visibility across the torture tests conducted in france on benches and on tracks ...

    TEST DACIA DUSTER PICK-UP

    Prietenii noștri de la omv petrom ne-au încredințat unul din cele 500 de dustere pick-up construite special pentru ei pentru un test în premieră mondială. Tudo sobre Renault Duster Pick up preço e informações da Oroch

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *