Satélite Star One da Embratel vai ter investimento de 720 milhões


Novos satélites Star One C4 e Star One D1 chegam até 2016, com isso a gama de canais da Claro TV deve aumentar significamente.

A Embratel Star One informa que está investindo mais de US$ 720 milhões em sua nova frota de satélites. Dois deles – Star One C4 e Star One D1– já estão em desenvolvimento e serão lançados em 2015 e 2016, respectivamente. O Star One C4 integrará a terceira geração de satélites da Embratel (denominada série C), junto com os satélites C1, C2, C12 e C3. Usará exclusivamente a Banda Ku e vai assegurar a expansão dos serviços de DTH (Direct to Home) da Claro hdtv no Brasil e das demais operadoras do Grupo América Móvil nas Américas do Sul e Central. O novo satélite irá expandir a capacidade da Claro hdtv no Brasil e ampliar suas operações em todos os países de língua hispânica. 

canais que faltam claro_TV_Via_EmbratelO Star One D1 será o maior satélite já construído pela Embratel. Fará parte da quarta geração de satélites, batizada como família D, com foco em Banda Ka – tecnologia que oferece Internet e banda larga de baixo custo. Será equipado com as Bandas C, Ku e Ka, garantindo significativa ampliação da oferta de capacidade satelital no Brasil, nas Américas do Sul e Central, incluindo o México. Com o diferencial de Banda Ka, estará apto para fazer transmissões de dados, backhaul de telefone celular e atendimento ao Plano Nacional de Banda Larga.

A Embratel Star One é uma das maiores empresas do mundo no segmento de locação de capacidade satelital. Em 1985, lançou o Brasilsat A1, dando início à primeira geração de satélites brasileiros para comunicações domésticas. “Estamos reafirmando nosso compromisso em assegurar o crescimento e a qualidade da frota da Embratel Star One, aumentando nossa capacidade satelital em diferentes regiões das Américas”, explica Gustavo Silbert, Diretor Executivo responsável pela Embratel Star One.

A capacidade dos satélites da Embratel Star One suporta toda uma gama de soluções para clientes dos segmentos de telefonia, TV, dados e redes corporativas no Brasil e permite ampliar a oferta desses serviços para os países da América Latina. Atualmente, a empresa já oferece capacidade de satélites para boa parte das 500 maiores companhias do Brasil, as principais emissoras de TV, canais independentes e diversos órgãos do Governo Brasileiro.

O investimento feito pela Embratel Star One também ampliará a capacidade da empresa para transmitir importantes eventos no País. “Possuímos vasta experiência na oferta de soluções de telecomunicações para grandes eventos esportivos nacionais e internacionais. Viabilizamos a transmissão da primeira Copa do Mundo a cores em 1970, transmitimos importantes competições como Jogos Olímpicos, Panamericanos, Copas do Mundo, Fórmula 1, Rio Open, entre outros”, completa o executivo.

    EMBRATEL STAR ONE: A MAIOR EMPRESA DE SATéLITE DA AMéRICA LATINA

    A embratel star one é a maior empresa de satélite do brasil e da américa latina e opera cinco satélites geo (star one c1, c2, c3, c4 e c12), e três em órbita ...

    EMBRATEL STAR ONE: LANçAMENTO SATéLITE STAR ONE C4

    O star one c4 foi lançado em julho de 2015. junto aos satélites c1, c2, c12 e c3, faz parte da terceira geração de satélites embratel star one (denominada ...

    🔴📡EMBRATEL ANUNCIA NOVO SATELITE O STAR ONE D2 #ESPECIAL 3000 INSCRITOS

    A operadora embratel star one anunciou o lançamento do star one d2, o seu décimo segundo satélite e o maior já fabricado pela empresa, que deverá ser ... Tudo sobre Satélite Star One da Embratel vai ter investimento de 720 milhões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *