Série “Tirano, Poder Sem Limites” estréia na Globo com boa dinâmica


Muitos usuários nos perguntaram se a série iria passar no serviço de streaming Netflix, infelizmente a resposta é não, a série vai ao ar na Rede Globo após o Jornal da Globo.

Inédita na TV aberta, a série norte-americana “Tirano – Poder Sem Limites” estreou ontem 16. A primeira temporada conta a história de uma modesta família que se vê envolvida nos bastidores do governo de uma turbulenta nação do Oriente Médio. Bassam Barry Al-Fayeed (Adam Rayne), o jovem filho do ditador e de uma nação castigada pela guerra, volta do exílio de 20 anos acompanhado de sua esposa americana Molly Olson (Jennifer Finnigan) e dos filhos Sammy, faz papael de um adolescente gay (Noah Silver) e Emma (Anne Winters), para o casamento de um sobrinho.

Como não podia deixar de ser, o retorno de Barry, já acostumado com o modo de vida dos Estados Unidos, causa um choque cultural dramático, quando ele é jogado de volta ao mundo da política e dos dramas da juventude que deixou para trás.

PRÉVIA DO EPISÓDIO

Após a morte de seu pai, Barry (Adam Rayner) tenta fugir novamente de Abbudin para os Estados Unidos, a fim de não ter que lidar com o drama familiar que está por vir. Porém, enquanto ele foge, seu irmão Jamal (Ashraf Barhom) sofre um acidente de carro que, na verdade, é fruto de um atentado terrorista..

Com isso, Barry se vê obrigado a voltar ao palácio dos Al Fayeed, para ficar ao lado do irmão e tratar de uma possível sucessão ao cargo de presidente. A vida de Barry se complica ainda mais quando a esposa do seu sobrinho Ahmed (Cameron Gharaee) é sequestrada por três crianças que estão protestando contra a prisão do irmão de um dos sequestradores.

COMO ASSISTIR

Por enquanto, a única forma legal de assistir a série é na Rede Globo, logo após o Jornal da Globo, por volta das 1h10 da madrugada.

RESUMO DOS CAPÍTULOS

Resumo Quinta, 19/03/15

É o 20º aniversário do ataque de gás tóxico ordenado por Khaled (Nasser Faris), onde vinte mil habitantes de Ma’am foram mortos. Cansados de tanta violência e tirania, o povo aproveita a data para protestar por direitos e uma melhor qualidade de vida.

Com isso, Ihab Rashid (Alexander Karim) faz uso do ódio da população para fomentar sua luta pela liberdade. O líder do movimento anti-Al-Fayeed aproveita a situação precária de um pai de família para induzi-lo a atear fogo no próprio corpo, transformando-o em um verdadeiro mártir de sua luta.

Depois deste terrível suicídio, Bassam (Adam Rayner) tenta convencer Jamal (Ashraf Barhom) de que ele deve falar com a população e declarar que o ataque químico promovido por seu pai foi de fato um crime e que jamais deve se repetir. Porém, o povo está indignado e o plano acaba não dando certo.

Resumo Sexta, 20/03/15

Bassam (Adam Rayner) continua tentando evitar que Jamal cometa os mesmos erros de seu pai. A praça ainda está tomada de manifestantes para protestar contra o ataque de gás em Ma’an. Jamal (Ashraf Barhom) e o General Tariq (Raad Rawi) pretendem evacuar o local usando força letal.

Porém, Bassam usa a diplomacia, e, tentando evitar mais mortes, pede ao irmão 24 horas para resolver essa situação e diz que vai marcar um encontro entre ele e Ihab (Alexander Karim). Mas não é exatamente isso que Bassam pretende fazer.

Na verdade, ele se encontra com o Sheik Rashid (Mohammad Bakri), pai de Ihab, que está exilado há vinte anos, com o objetivo de convencê-lo a negociar uma solução política com Jamal. O médico, no entanto, acaba colocando sua própria vida em risco.

Já Nusrat (Sibylla Deen) quer se divorciar, pois não consegue consumar seu casamento desde o que aconteceu em sua noite de núpcias. Ela recorre aos seus pais em busca de auxílio, mas, Jamal exerce todo o seu poder e vai mostrar o que é capaz de fazer.

Jamal (Ashraf Barhom) e o General Tariq (Raad Rawi) pretendem evacuar a praça usando força letal

Na verdade, ele se encontra com o Sheik Rashid (Mohammad Bakri), pai de Ihab, que está exilado há vinte anos, com o objetivo de convencê-lo a negociar uma solução política com Jamal. O médico, no entanto, acaba colocando sua própria vida em risco.
Já Nusrat (Sibylla Deen) quer se divorciar, pois não consegue consumar seu casamento desde o que aconteceu em sua noite de núpcias. Ela recorre aos seus pais em busca de auxílio, mas, Jamal exerce todo o seu poder e vai mostrar o que é capaz de fazer.

Divulgação: Rede Globo

TRAILER

“Tirano – Poder sem Limites” vai ao ar de segunda a sexta depois do “Jornal da Globo”.

Atualizando: A série acabou inexplicavelmente sem um final, juro que não entendi, lamentável a postura da Globo em fazer uma péssima edição.

    TIRANO – PODER SEM LIMITES: SéRIE ESTREIA NO DIA 16 DE MARçO

    Família dos eua se vê envolvida no governo de uma turbulenta nação no oriente médio na série norte-americana tirano – poder sem limites, a partir do dia ...

    SEGREDOS DO PARAíSO - SéRIE | CHAMADA | REDE GLOBO

    Último episódio.

    NO LIMITE 1 EPISODIO 2 04/02/2016 COMPLETO

    Todos os direitos reservados à rede globo e ao canal viva. Tudo sobre

7 respostas para “Série “Tirano, Poder Sem Limites” estréia na Globo com boa dinâmica”

  1. Gostaria de saber se a serie tirano poder sem limites tera uma terceira temporada. O final deixou perplexos todos os que assitiam. Fiquei igualzinho a cara do Bassam,com um ponto de interrogacao,sem entender o desfecho. Isto é jogo sujo!!!

  2. A série não acabou sem um final… A segunda temporada será exibida agora…no verão dos Eua. Depois será exibida no Brasil. Acredito que a Globo irá exibir, afinal foi um sucesso!

  3. s irmãos Fayeed começam a perceber que governar um país não é nada fácil. Jamal (Ashraf Barhom) tem duas vertentes disputando a sua preferência: a linha militar e violenta do General Tariq (Raad Rawi), a qual ele aprendeu com seu pai, e a racionalidade, moral, ética e senso de justiça de Bassam (Adam Rayner).

    Fatima Mahfouz (Hadar Ratzon Rotem) é acusada de tentar matar Jamal. Porém, seu marido, Hamid (Sammy Sheik), diz que Ihab Rashid (Alexander Karim) – inimigo declarado dos Al Fayeed – é quem está por trás do atentado. Com isso, o chefe terrorista é preso e condenado ao enforcamento público.

    Além disso, a filha de Fauzi (Fares Fares) é presa por fazer parte do grupo terrorista de Ihab. Com isso, Fauzi resolve pedir a ajuda de Bassam para libertá-la e, em troca, promete investigar a verdade sobre o atentado a Jamal.

  4. Resumo Quinta (19/03/15)

    É o 20º aniversário do ataque de gás tóxico ordenado por Khaled (Nasser Faris), onde vinte mil habitantes de Ma’am foram mortos. Cansados de tanta violência e tirania, o povo aproveita a data para protestar por direitos e uma melhor qualidade de vida.

    Com isso, Ihab Rashid (Alexander Karim) faz uso do ódio da população para fomentar sua luta pela liberdade. O líder do movimento anti-Al-Fayeed aproveita a situação precária de um pai de família para induzi-lo a atear fogo no próprio corpo, transformando-o em um verdadeiro mártir de sua luta.

    Depois deste terrível suicídio, Bassam (Adam Rayner) tenta convencer Jamal (Ashraf Barhom) de que ele deve falar com a população e declarar que o ataque químico promovido por seu pai foi de fato um crime e que jamais deve se repetir. Porém, o povo está indignado e o plano acaba não dando certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *