Trabalhe no supermercados GoodBom: empresa abre loja em SP e disponibiliza 350 vagas de empregos


Os supermercados GoodBom irá inaugurar uma nova loja do grupo em Mogi Mirim. A unidade será a nona da rede com cerca de 10 mil metros quadrados de área construída. A companhia já possui lojas em Indaiatuba, Hortolândia, Monte Mor, Sumaré e Paulínia.

O empreendimento foi anunciado em 2015, mas só agora as obras avançaram. A previsão de inauguração é em novembro deste ano, gerando 350 vagas entre empregos diretos e indiretos.Hortolândia, Monte Mor, Sumaré e Paulínia.

A rede de supermercados GoodBom irá inaugurar uma nova loja do grupo em Mogi Mirim. A unidade será a nona da rede com cerca de 10 mil metros quadrados de área construída. A companhia já possui lojas em Indaiatuba, Hortolândia, Monte Mor, Sumaré e Paulínia.

O empreendimento foi anunciado em 2015, mas só agora as obras avançaram. A previsão de inauguração é em novembro deste ano, gerando 350 vagas entre empregos diretos e indiretos.Hortolândia, Monte Mor, Sumaré e Paulínia.

Para o início das atividades, a direção do GoodBom anunciou a relação de cargos e/ou funções que constam na relação de empregos direcionadas para a cidade. São 27 funções, abrangendo diversas áreas, como açougueiro, empilhadeirista, padeiro, motorista, operador de caixa, dentre outras.

Confira os cargos para vagas de emprego no Hipermercado “GoodBom”
Auxiliar de açougue
Auxiliar de confeitaria
Auxiliar de cozinha
Auxiliar de depósito
Auxiliar de marketing
Auxiliar de microinformática
Auxiliar de padaria
Açougueiro
Peixeiro
Balconista (padaria, frios e rotisseria)
Confeiteiro
Conferente
Cozinheiro
Assador
Empacotador
Empilhadeirista
Faxineiro
Fiscal de frente de caixa
Fiscal loja
Jardineiro
Motorista entregador
Operador de caixa
Operador de manutenção
Padeiro
Porteiro
Recepcionista
Repositor (mercearia, hortifruti e perecíveis)

Como se candidatar-se
A rede GoodBom orientou que os currículos sejam enviados para o e-mail recrutamento@goodbom.com.br ou entregues na avenida Pedro Botesi, 2800, em Mogi Mirim. Clique aqui para acessar o site da rede.

Crédito: rapidonoar.com.br

Circuito de Inclusão da Pessoa com Deficiência: mais de 50 mil vagas, veja detalhes dos empregos


A ação tem parceria com vários órgãos. Toda estrutura de informática para atendimento à população, como internet, rede, computadores e impressoras, será disponibilizada pelo Sistema Firjan.

Durante a feira de emprego, serão ministradas palestras sobre o tema do circuito. Na ocasião, o MTE vai esclarecer dúvidas sobre legislação e fiscalização.

ENDEREÇOS

Circuito Fluminense

13/09 – São Gonçalo

Local: SEST/SENAT de São Gonçalo (Rodovia Amaral Peixoto, Km 07, Tribobó, São Gonçalo)

Horário: das 10h às 16h

21/09 – Duque de Caxias

Local: Quadra da GRES Acadêmicos do Grande Rio (Rua Almirante Barroso, 5, Centro de Caxias)

Horário: das 10h às 16h

22/09 – Catedral Metropolitana do Rio

Local: Av. Chile, 245 – Centro, Rio de Janeiro

Horário: das 10h às 16h

8/09 – Rio de Janeiro

Local: Grêmio Recreativo Escola de Samba Portela (Rua Clara Nunes, 81, Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro)

Horário: das 10h às 16h

A Lei de Cotas estabelece que todas as empresas com 100 ou mais funcionários devem destinar de 2 a 5% a pessoas com deficiência, dependendo do total de empregados. Os empregos para deficientes é um tema que deve estar sempre à tona, convencendo os empresários a acreditarem na força produtiva de pessoas que não sejam completamente normais.

  • Como funciona a Lei de Cotas para empregos para deficientes

De acordo com a Lei de Cotas, todas as empresas privadas com mais de 100 empregados deve preencher entre 2 e 5% de suas vagas fornecendo empregos para deficientes. Empresas que tenham de 100 a 200 empregados devem ter 2% de deficientes nos seus quadros; empresas que tenham entre 201 e 500, 3%; para empresas entre 501 e 1000 empregados, 4% e, finalmente, empresas com mais de 1001 empregados, 5% de vagas.

As principais causas para a falta de qualificação que possibilite às empresas oferecer empregos para deficientes são a baixa escolaridade e a falta de qualificação profissional. Além disso, as empresas também precisam adaptar a estrutura física de suas instalações para adequá-las aos deficientes e para que eles possam se deslocar no ambiente de trabalho.

Emprego na construção civil: vagas no setor tem alta e deve continuar crescendo


O setor da construção civil contratou 1.677 pessoas em julho, empregando um total de 2,458 milhões de trabalhadores, um número 0,07% maior em relação ao mês anterior, mostrou uma pesquisa da entidade em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) com base em dados do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE)

E não é só isso, o cenário tende a ser mais favorável no ano que vem, com o reaquecimento do mercado imobiliário e a retomada dos investimentos em infraestrutura.

O desempenho do mercado da construção civil acompanha a economia brasileira. Logo, o mercado de trabalho desse setor é cíclico, com períodos de alta demanda e, consequentemente, altos salários, e épocas em que os níveis de desemprego prejudicam a empregabilidade em todos os cargos e profissões. Confira alguns profissionais que trabalham no setor da construção civil.

Em 12 meses, o nível de emprego na indústria de construção civil acumula queda de 10,3%, conforme o Sinduscon-SP.

Vagas de emprego para Pernambuco em setembro, 90 oportunidade de trabalho


90 oportunidade de empregos no estado de Pernambuco para o mês de setembro, os candidatos precisam comparecer a unidade mais próxima ou acessar: maisemprego.mte.gov.br.

Confira as vagas disponíveis

Caruaru
Barbeiro – 2
Caseiro – 1
Comprador – 1
Costureira em geral – 1
Encarregado de seção de controle de produção – 1
Fonoaudiólogo geral – 1
Gerente de produção – 1
Mecânico – 1
Operador de extrusora de borracha e plástico – 1
Padeiro – 1
Serralheiro – 1
Vendedor pracista – 1

Garanhuns
Gerente comercial – 1
Oficial de serviços gerais na manutenção de edificações – 5

Arcoverde
Agente de microcrédito – 1
Atendente de agência – 1
Cozinheiro de restaurante – 2
Empregado doméstico diarista – 1
Leiturista – 1
Vendedor pracista – 4
Operador de caldeira – 1

Bezerros
Conferente mercadoria (exceto carga e descarga) – 1
Embalador, a mão – 3
Operador de caixa – 4
Serralheiro – 1
Vendedor interno – 18
Vendedor pracista – 3
Zelador – 1

Santa Cruz do Capibaribe
Auxiliar de compras – 2
Auxiliar de cozinha – 1
Auxiliar financeiro – 1
Costureiro, a máquina na confecção em série – 13
Estoquista – 2
Promotor de vendas – 1
Técnico em administração – 1
Vendedor interno – 2

Vagas para pessoas com deficiência

Caruaru
Auxiliar de linha de produção – 1
Armazenista – 1
Embalador, a mão – 1
Zelador – 1

Garanhuns
Fiscal de operação – 1